Dropshipping: vantagens e desvantagens desse modelo de vendas

Canal de Vendas Jan 22, 2021

Antes de nos aprofundarmos em dropshipping, vantagens e desvantagens, recomendamos a leitura do post “O que é Dropshipping e como funciona essa técnica de vendas?”.

As opiniões sobre a eficiência desse modelo são divergentes, por isso, é importante saber todos os detalhes sobre seu funcionamento para evitar os possíveis problemas.

Neste post, vamos falar sobre dropshipping, vantagens e desvantagens e entender como funciona essa forma de vender na internet para te ajudar a decidir se vale ou não apena.

Como funciona o dropshipping?

O dropshipping é uma forma de vender pela internet e funciona da seguinte forma: uma loja virtual anuncia um produto, faz a venda pelo seu site, em seguida, compra de um fornecedor (nacional ou internacional) e este faz o envio para o comprador.

Fonte: Oberlo.

É uma forma de vender online sem estoque, pois o vendedor, entre outros detalhes, precisa encontrar um fornecedor dentro ou fora do país — sendo os internacionais mais comuns — para fazer a compra.

Tornar o dropshipping um negócio rentável a longo prazo é um desafio exatamente por causa dessa logística de venda.

Se por um lado economiza-se em processos, custos de armazenagem de estoque, por outro, existe o desafio de cumprir prazos, taxações e políticas de retorno que afetam a margem de lucro.

Entender o que é dropshipping é fácil, mas colocá-lo em prática exige bastante responsabilidade, pois são muitos os detalhes legais para manter um negócio nesse modelo.

Dropshipping: vantagens e desvantagens

Agora que você já sabe como funciona o dropshipping, vamos falar das vantagens e desvantagens do processo.

Separamos em duas listas para que você possa analisar cada detalhe desse modelo de vendas.

Vantagens do dropshipping

1. Custo baixo para começar

O primeiro ponto sobre dropshipping, vantagens e desvantagens é o custo inicial baixo para começar a operar nesse modelo.

Os principais investimentos vão para a construção do site em um servidor de qualidade, com design pensado na boa visualização e descrição dos produtos e gateway de pagamento seguro.

Outro detalhe que economiza nos custos de manutenção do negócio são as despesas de logística já que o faturamento e o envio também são feitos pelo fornecedor.

Além dos detalhes operacionais para o site existir, a parte de legalização do negócio com abertura de CNPJ, endereço físico e Inscrição Estadual são essenciais para vender via Dropshipping legalmente, seguindo as leis nacionais.

2. Sem custos para manter estoque

A manutenção e o armazenamento de estoque aumentam de custo conforme o negócio escala e passa a vender mais.

No caso do dropshipping, a vantagem é que o vendedor trabalha sem armazenar estoque que fica por conta do fornecedor.

A loja virtual funciona como uma mediadora entre o cliente e quem fornece o produto. Por isso, é importante ser criterioso na escolha dessas empresas.

Mas apesar de não precisar ter um local físico seguro para armazenar seu estoque, a sua empresa precisa ter um endereço físico e telefone para referência do cliente para um eventual contato.

Leia também: Quais são os tipos de estoque? Conheça o melhor para você.

3. Variedade de produtos

Outra vantagem de vender com dropshipping é conseguir trabalhar com uma variedade de produtos maior.

Sua loja pode trabalhar com produtos de casa e eletrônicos ao mesmo tempo ou mesmo ser uma loja com diversas categorias de produtos.

Uma forma de usar essa variedade a seu favor é analisar a concorrência que existe nas categorias de produto que você está interessado, os preços praticados, prazos oferecidos, etc. para conseguir oferecer melhores condições e se destacar.

Desvantagens do dropshipping

1. Margem de lucro pequena

Quando o assunto é dropshipping, vantagens e desvantagens a margem de lucro é um ponto que se destaca na análise.

Muitas pessoas divulgam a rentabilidade alta, mas como em todo modelo de vendas existem despesas, custos e tributos para um negócio existir que “comem” uma boa fatia do lucro.

Além das despesas legais, o fornecedor também cobra uma fatia pelo seu serviço. Outra despesa é o investimento em anúncios para gerar tráfego, por exemplo.

Por isso, é importante ter cautela para investir e ter um negócio realmente viável operacional e financeiramente via dropshipping.

2. Prazo de entrega maior e outros problemas de entrega

A maioria dos negócios de dropshipping negocia com fornecedores internacionais, principalmente chineses e/ou americanos.

Isso significa que a compra não vai chegar rápido para o cliente, além de poder atrasar, o que gera muitas reclamações dos clientes. Outra desvantagem ainda mais grave é o produto nunca chegar até o cliente.

O site do vendedor deve deixar claro que o fornecedor do produto é internacional e que o prazo de entrega é maior, especificando o número de dias.

3. Tributação de produtos

A tributação de produtos é comum em compras internacionais e, no caso do dropshipping, também pode acontecer.

Esse é outro detalhe que deve estar explícito na página do produto, pois essa será uma despesa do comprador e ele precisa estar ciente desse detalhe.

Leia mais sobre este assunto no post: “Conheça quais são os impostos de importação e saiba como calcular os gastos com estes tributos”.

4. Prejuízos com devoluções

De acordo com a lei que assegura o direito do consumidor no Brasil, o comprador pode se arrepender da compra em até sete dias e solicitar a devolução e reembolso.

Essa responsabilidade pelo atendimento ao cliente é do vendedor e não do fornecedor.

A desvantagem para o modelo de dropshipping é que não compensa o comprador reenviar o produto ao fornecedor. Na maioria dos casos, isso resulta em um prejuízo.

No vídeo abaixo, o especialista em mercado Bruno de Oliveira explica em detalhes os desafios do dropshipping. Vale a pena o play:

Plataforma de e-commerce dropshipping

Ponderou e quer testar o modelo de dropshipping no seu site? Listamos abaixo algumas soluções que você pode integrar na sua loja virtual.

  • Oberlo (grátis, exclusivo para lojas virtuais no Shopify);
  • Printful (grátis);
  • Spocket (versão grátis e paga mensal por quantidade de produto);
  • Printify (versão grátis e paga mensal por número de loja por conta);
  • Modalyst (versão grátis e paga mensal com taxa de transação fixa de 5%).

Gostou de saber mais sobre dropshipping, vantagens e desvantagens?

Agora que você sabe como funciona dropshipping, vantagens e desvantagens podem decidir se esse modelo de vendas vai ser viável ou não para você.

Se o seu objetivo é investir em um negócio próprio, um suporte financeiro vai ser essencial para começar e crescer no mercado.

A GYRA+ te ajuda a conseguir um empréstimo online em até 72 horas. Acesse o site e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, Mercado Pago, SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores.

Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.