O papel e a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa

Capital de Giro Mai 20, 2019

Quando falamos sobre a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa é importante entender que, enquanto o capital de giro refere-se aos ativos que sua empresa tem em mãos para quitar despesas do negócio (como salários e aluguel), o fluxo de caixa refere-se ao movimento financeiro de entrada e saída de capital do caixa da empresa.

Cada uma dessas variáveis ​​fornece uma informação diferente sobre a saúde financeira da sua empresa. Por isso, é fundamental entender o que significam e qual é a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa.

O que é capital de giro e fluxo de caixa?

Para entender qual é a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa é preciso compreender o que são cada um desses conceitos. Acompanhe!

O que é capital de giro

O capital de giro refere-se aos ativos líquidos que sua empresa tem em mãos, isto é, dinheiro ou outros instrumentos financeiros que você pode facilmente converter em dinheiro, como seu estoque.

O capital de giro demonstra sua capacidade de arcar com os compromissos financeiros e é usado como uma medida da liquidez da empresa.

Além disso, também diz muito sobre a saúde financeira de curto prazo de uma empresa e pode indicar problemas operacionais.

O valor do capital de giro é usado para pagar contas de curto prazo ligadas ao funcionamento da empresa. Ele permite que o negócio realize suas operações sem ficar no vermelho.

Entre os valores que devem ser calculados para descobrir a necessidade de capital de giro estão:

  • fornecedores;
  • impostos;
  • salário de funcionários e mais.

O cálculo do capital de giro é:

NCG = CP - (CR + VE)

  • NCG: necessidade de capital de giro
  • CP: contas a pagar
  • CR: contas a receber
  • VE: valor em estoque

Essa fórmula quer dizer que a necessidade de capital de giro da sua empresa é o resultado da subtração das contas a pagar das contas a receber somada do valor em estoque.

Ou seja, você subtrai os passivos do seu negócio de seus ativos. Se o resultado for negativo, isso indica que sua empresa precisa buscar formas de conseguir capital de giro para arcar com seus compromissos financeiros.

Existem algumas estratégias para aumentar seu capital de giro entre elas:

  • aumentar as vendas por meio de ofertas e novas opções de produtos;
  • solicitar um empréstimo;
  • negociar melhores formas de pagamento com fornecedores, entre outras soluções.

Vamos agora ao próximo passo para entender a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa.

O que é fluxo de caixa

Fluxo de caixa refere-se ao capital que entra e sai do seu negócio, ou seja, ele apresenta a movimentação financeira da empresa.

Uma demonstração de fluxo de caixa é uma análise que mostra quanto dinheiro está entrando e saindo de um negócio durante um determinado período de tempo.

Na contabilidade, o fluxo de caixa positivo refere-se a mais dinheiro entrando em caixa do que saindo, durante um período definido.

Um fluxo de caixa negativo mostra que sua empresa está gastando mais do que recebendo.

Para deixar o fluxo de caixa positivo você pode aumentar as vendas da empresa ou reduzir custos.

Mas, atenção, fluxo de caixa positivo não é sinônimo de lucro. Entenda o que é lucro e quais seus tipos, no vídeo abaixo.

O estudo dos dados de fluxo de caixa ajudam os responsáveis das empresas a:

  • identificar problemas de liquidez;
  • analisar a viabilidade de projeções de investimento;
  • medir a rentabilidade ou crescimento de um negócio.

Então, qual é a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa?

Sua empresa pode ter um fluxo de caixa positivo, ao mesmo tempo que tem muito pouco capital de giro. Por outro lado, um novo negócio pode ter um bom capital de giro sem gerar um bom fluxo de caixa.

Além disso, empresas como a de serviços podem ter baixo capital de giro, mas um excelente fluxo de caixa, porque possuem poucas despesas.

Percebeu a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa?

O capital de giro é o capital usado para pagar suas contas. Você pode ter um capital positivo (capaz de pagar as contas) ou um capital de giro negativo (que não é capaz de pagar todas as contas).

O fluxo de caixa apresenta a movimentação financeira e o resultado ela. Também é possível ter um fluxo de caixa positivo, quando há mais entradas do que saídas, e um fluxo de caixa negativo, quando há mais saídas do que entradas.

Um fluxo de caixa positivo pode ajudar sua empresa a ter um capital de giro mais robusto e saudável, afinal, o capital que entra pode ser injetado no seu capital de giro para arcar com suas despesas.

Um capital de giro positivo também contribui para um fluxo de caixa positivo, afinal, sua empresa passa a ser capaz de realizar investimentos e gerar mais vendas (ou mais entradas).

Em suma, ambas são ferramentas bem diferentes, mas que se completam e juntas indicam a saúde financeira do negócio.

Como indicamos acima, existem formas de conseguir capital de giro para expandir seu negócio. Conheça a estrutura da Gyra+ que realiza financiamentos online para empreendedores digitais.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre, Bling ou Skyhub;
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de financiamento para empresas e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.