Como vender sem estoque em 2021?

E-commerce Abr 16, 2021

Criar uma loja virtual é uma alternativa de negócio que quem já investia redobrou os esforços e quem ainda não fazia começou. Diante dos investimentos necessários, muitos empreendedores questionam: como vender sem estoque?

Em 2020, o faturamento do e-commerce brasileiro cresceu 122%, impulsionado pelo isolamento social necessário para conter a pandemia do novo coronavírus.

Essa mudança no comportamento do consumidor fez com que as grandes (e também as pequenas) empresas continuem apostando nas vendas online em 2021.

Mas começar ou migrar um negócio para o mercado digital exige investimento em infraestrutura, logística e, claro, estoque.

Para este último item, existe a possibilidade de trabalhar como uma loja virtual de estoque terceirizado.

Quer saber como vender sem estoque? Continue lendo e conheça cinco modelos diferentes para trabalhar sem estoque e dicas para acertar na escolha do fornecedor.

5 maneiras de como vender sem estoque

Entender como vender sem estoque pode ajudá-lo a aumentar seu rendimento com vendas online.

Essa é uma estratégia eficiente se você quer testar esse tipo de venda para seu negócio, expandindo seu potencial de mercado ao mesmo tempo.

Conheça cinco alternativas de como começar:

1. Dropshipping

O dropshipping é um modelo de vendas no qual o vendedor pode trabalhar com o estoque do fornecedor.

Dessa forma, os produtos são anunciados no seu site, o cliente faz a compra, paga e o pedido é encaminhado para o fornecedor que envia o produto.

Além de vender em um e-commerce próprio, o dropshipping pode acontecer via redes sociais ou em marketplaces como Mercado Livre e Americanas.

Esse modelo de vendas é uma alternativa bastante utilizada para vender sem estoque, mas exige atenção redobrada na gestão dos processos de venda.

O sistema de notificação de compra deve ser automatizado para que o parceiro receba um aviso da compra e prepare o envio logo em seguida.

Já o cliente, deve receber o rastreio do produto e o vendedor deve monitorar toda a entrega até o recebimento e estar disponível no pós-venda para atender qualquer problema.

2. Utilizando a plataforma Squid Fácil

Outra alternativa de como vender sem estoque é utilizando o Squid Fácil, um sistema que faz a conexão entre lojistas e fornecedores do atacado.

Ao se cadastrar na plataforma, o lojista amplia seu estoque de vendas sem precisar necessariamente comprar os produtos com antecedência.

Com o gateway de fornecimento do Squid Fácil, sua estrutura de vendas é conectada ao sistema e você vende com a segurança de sempre ter o produto disponível.

A partir dessa estrutura, o lojista pode vender via e-commerce, redes sociais ou de forma autônoma comprando e depois enviando o produto ou utilizando o serviço de dropshipping da Squid Fácil.

3. Vendas Just in Time

O termo em inglês Just in Time significa ‘no momento’, ou seja, o lojista produz ou adquire o produto para o cliente no momento em que ele é comprado.

Esse é um modelo de vendas que funciona bem para produtos artesanais que possuem uma produção mais complexa e de alto custo.

Nesse nicho, vale a pena fazer vendas no formato Just in Time como forma de vender sem estoque, pois evita que o lojista gaste tempo e dinheiro e perca o investimento caso não venda o produto.

Já para a venda de produtos como eletrônicos, por exemplo, é preciso ter uma estrutura com fornecedores confiáveis que mantém um sistema atualizado de estoque.

Isso evita que você corra o risco de fazer uma venda e o fornecedor não ter o produto. Por isso, o mais recomendado é ter uma rede de fornecedores para ter alternativas.

Leia também: Você sabe como comprar de fornecedores de qualidade? Confira dicas para encontrá-los e negociar com eles.

4. Criação de infoprodutos

Nem só da venda de produtos físicos vive o mercado digital. Os cursos de ensino à distância e outros infoprodutos como vídeo-aulas, e-books, podcasts, audiobooks, entre outros são alternativas para vender sem estoque.

Em toda área de atuação existe a necessidade de adquirir conhecimento. Então, a possibilidade de fazer isso em casa facilita a rotina de muita gente.

Existem vários canais que dão suporte para os criadores de infoprodutos como a Hotmart, uma plataforma brasileira.

A divulgação também pode ser impulsionada pelas redes sociais e grupos de mensagens no WhatsApp ou Telegram.

5. Afiliados

Outra alternativa de como vender sem estoque é ser um vendedor afiliado a sites de grandes varejistas do mercado digital. Algumas empresas que investem em programas de afiliados são:

  • Americanas;
  • Amazon;
  • Hotmart;
  • Magazine Luiza, entre outros.

No marketing de afiliados, os vendedores que entram nos programas recebem uma comissão a cada venda fechada a partir dos seus links (que possuem uma identificação especial para cada afiliado).

Apesar da vantagem de vender sem estoque, o afiliado precisa investir bastante na sua rede de contatos, divulgando suas ofertas de forma criativa.

As redes sociais, newsletters e grupos em aplicativos de mensagem são canais que permitem divulgar seus links de afiliados e ganhar visibilidade.

Conheça mais um modelo de venda sem estoque no vídeo abaixo:

Dicas para trabalhar sem estoque com sucesso

Encontrar alternativas de como vender sem estoque é uma forma de começar a trabalhar na internet, controlando com mais precisão o investimento. Siga as dicas abaixo para alcançar bons resultados:

Venda produtos com logística de entrega fácil

A logística é uma parte fundamental das vendas online. Então, quanto mais fácil for o envio do produto, mais barata e simples será a estrutura necessária para vender sem estoque.

Pesquise sobre a confiabilidade dos fornecedores

Ter fornecedores confiáveis e que trabalham com seriedade vai evitar muita dor de cabeça. Invista em uma boa pesquisa, pegue referências e tenha uma base de três a cinco fornecedores.

Trabalhe com fornecedores que negociam pagamento a prazo

Outra dica importante de como vender sem estoque é trabalhar com fornecedores flexíveis que conseguem dar prazo para pagamento. Assim, você tem tempo para trabalhar na divulgação das vendas e conseguir vender a quantidade desejada sem precisar acumular estoque.

Leia também: Como negociar com fornecedores: 7 dicas para seu e-commerce.

Dê preferência para fornecedores nacionais

Todo mundo que compra online espera receber rapidamente seu pedido. Então, se o produto vier de fora, esse tempo é maior. Para começar, invista em fornecedores nacionais para conseguir agilizar seus processos. Com mais experiência, inclua depois produtos importados.

Gostou das dicas de como vender sem estoque?

Trabalhar com estoque do fornecedor é uma alternativa que dá certo e ajuda a adquirir experiência no mercado digital.

Quer apostar nesse modelo de negócio? A GYRA+ te ajuda a conseguir um empréstimo online em até 72 horas. Acesse o site e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, Mercado Pago, SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores.

Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.