Como funciona o mercado de afiliados? Entenda o que é o trabalho por comissão

Canal de Vendas 17 de Mar de 2021

O mercado de afiliados é uma área do marketing focada na venda de produtos físicos ou infoprodutos de terceiros através de indicações na internet, rastreadas por link personalizados. Assim, a cada venda realizada, o afiliado recebe uma porcentagem como remuneração.

A internet abriu portas para formas variadas de trabalho e uma delas foi a do mercado de afiliados. Com um computador, um site e uma boa base de contatos é possível aprender como ganhar dinheiro divulgando produtos online.

Se o seu objetivo é monetizar o seu site, blog ou redes sociais, saiba que para 76% dos profissionais que escolhem ser um afiliado essa estratégia de marketing facilita alcançar esse objetivo, segundo uma pesquisa da consultoria Viglink.

Essa também é a sua meta? Então, primeiro você precisa entender tudo sobre o que é e como funciona o mercado de afiliados, além saber em quais áreas você deseja investir e as formas de remuneração existentes.

Continue lendo e saiba tudo sobre como ser um afiliado. Boa leitura!

O que é mercado de afiliados?

O mercado de afiliados é uma área do marketing e vendas focada na divulgação de produtos físicos e infoprodutos (cursos, e-books, livros digitais, etc.) na internet através de vendedores que recebem uma comissão ao fechar uma venda.

Cada programa de afiliados tem sua forma de remuneração, mas em todos os vendedores que se associam recebem um link trackeado, ou seja, personalizado, que vai indicar que a venda veio dele.

Dessa forma, um vendedor pode criar sua estratégia e usar seus canais de marketing para divulgar os links como:

  • através de posts nas redes sociais;
  • links em textos do seu blog;
  • em banners dentro do seu site, etc.

O crescimento desse mercado nos últimos anos aumentou a concorrência pelas vendas, mas ainda é uma área em ascensão.

Segundo o levantamento da National Retail Federation, o mercado de afiliados é uma das estratégias mais efetivas para atrair novos clientes para ⅓ dos profissionais de marketing.

O objetivo dessa estratégia é aumentar o alcance da marca e, consequentemente, o retorno financeiro com os produtos.

Como funciona o mercado de afiliados?

Agora que você sabe o que é o mercado de afiliados, o próximo passo é saber como ele funciona.

Para começar, é preciso escolher uma plataforma de programa de afiliados. Existem diversas opções no mercado nacional como a Hotmart, por exemplo, uma das mais conhecidas por aqui.

Antes de se cadastrar, é importante pensar em qual área você quer trabalhar por comissão. Quer investir na sua área de formação ou apostar nas mais promissoras desse mercado?

A pesquisa da AM Navigator dá uma ideia dos setores de produtos que se destacam no mercado de afiliados. São eles: moda (18,7%), esporte (14,6%) e saúde, bem-estar e beleza (11,6%).

Com a plataforma e o setor que você deseja investir definidos, basta fazer seu cadastro em uma delas ou mais para começar sua divulgação.

Fonte: Hotmart.

Tipos de afiliados

O mercado de influência digital e o de afiliados vem andando juntos nos últimos anos, mas você não precisa ter milhões de seguidores para entrar no mercado de afiliados.

De forma geral, existem dois tipos de formas de afiliação:

Afiliado árbitro

O afiliado árbitro é qualquer pessoa que deseja investir no mercado de afiliados porque aposta na estratégia. Ele não é necessariamente um especialista nos nichos nos quais escolhe atuar.

Também não precisa aparecer para falar do produto diretamente. Nesse caso, ele aposta no marketing de conteúdo e em anúncios pagos em sites de buscas e redes sociais.

Sua estratégia consiste em convencer um cliente em potencial da compra mostrando as vantagens de formas variadas e atrativas.

Afiliado autoridade

Os afiliados autoridade focam seu trabalho no relacionamento com a audiência. Aqui entram fortemente os influenciadores digitais.

Através de seu conteúdo e da sua expertise na área, eles produzem conteúdos linkando o seu conhecimento com o produto oferecido.

Nesse caso, são pessoas reconhecidas na área, com bons contatos, o que ajuda a endossar com autoridade os produtos que divulga.

Mas como acontece a remuneração desse trabalho? Esse é o assunto do próximo tópico.

Formas de recebimento

Cada plataforma do mercado de afiliados tem a sua maneira de remunerar os profissionais com os quais trabalham.

Essa remuneração pode ser um valor fixo ou uma porcentagem em relação a venda fechada.

Existem três formas principais de recebimento:

- Custo por ação (CPA): a marca define o tipo de ação e paga o afiliado por ela. A venda é a ação principal, mas também pode ser um cadastro ou redirecionamento para páginas determinadas.

- Custo por clique (CPC): é uma forma bastante conhecida na internet. A cada clique no link afiliado o vendedor recebe uma comissão.

- Custo por visualização (CPV): é a menos comum dos três, mas existem programas no mercado de afiliados que remuneram os vendedores por visualização gerada.

5 sites de programas de afiliados para se cadastrar

Se você quer começar no mercado de afiliados é importante escolher uma plataforma confiável. No Brasil, muitas empresas já consolidaram seus nomes nesse setor.

Separamos cinco das principais plataformas, mas você pode encontrar mais. Conheça quais são:

1. Hotmart

Não poderíamos deixar de citar a Hotmart como plataforma do mercado de afiliados. O principal foco são os infoprodutos como cursos, por exemplo. A comissão é fixa e paga pelo próprio produtor/marca.

Para conhecer melhor o programa, a Hotmart tem um Guia do Afiliado com todas as informações para começar.

2. Associados Amazon

A Amazon também está no Mercado de Afiliados com o Associados Amazon. A credibilidade da plataforma já é um grande incentivo para parcerias.

De grandes editores, blogueiros e influenciadores digitais, os afiliados podem ganhar até 15% de comissão pelas vendas.

3. Afiliados

Outra plataforma é a Afiliados que reúne os sites Americanas.com, Submarino, ShopTime e Sou Barato.

Os vendedores ganham comissão recomendando tanto os produtos das lojas principais quanto dos vendedores do marketplace através de links de ofertas, banners e e-mail marketing.

Leia também: Como vender mais na B2W + 5 dicas para alavancar vendas.

4. Magazine Você

O Magazine Luiza também está no mercado de afiliados com o Magazine Você.

Os afiliados criam uma loja virtual com os produtos que deseja indicar e pode divulgá-la em diversos canais, recebendo por cada venda fechada.

5. Eduzz

Além dos produtos físicos, os infoprodutos também são um grande filão do mercado de afiliados.

No Eduzz, é possível trabalhar nas duas frentes para flexibilizar ainda mais seu alcance e potencial de renda.

A plataforma oferece diversas funcionalidades de divulgação e ajuda no controle financeiro das comissões.

Aprenda dicas de venda no post: 7 estratégias de como fazer uma loja virtual vender mais.

Dê o primeiro passo no mercado de afiliados!

Curtiu saber mais sobre como funciona o mercado de afiliados? O setor é bastante promissor, mas como todo negócio exige foco e planejamento.

Analise seus objetivos profissionais e pesquise a fundo sobre cada plataforma e as estratégias para atrair público para seu site, blog e redes sociais.

Precisa de ajuda financeira para começar? A GYRA+ te ajuda a conseguir um empréstimo online em até 72 horas. Acesse o site e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, Mercado Pago, SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores.

Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

Marcadores

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.