Como calcular o custo real de um produto + o preço de venda?

E-commerce 1 de Nov de 2021

Aprender como calcular o custo real de um produto  é uma das etapas necessárias para a definição do preço de venda. A partir do conhecimento de quanto custa um produto para sua empresa, é possível começar a traçar o preço de venda que será oferecido.

Por isso, a seguir, listamos um passo a passo simples de como calcular o custo real de um produto. Em seguida indicamos como calcular o preço de venda e qual margem de lucro ideal.

Como calcular o custo real de um produto?

Para calcular o custo real de um produto é preciso fazer a lista dos custos envolvidos na produção e distribuição dos itens comercializados.

Aqui é necessário listar os custos fixos e variáveis. Os custos fixos incluem:

  • aluguel de salas, lojas, galpões, escritórios,
  • salários de funcionários,
  • serviços de limpeza,
  • taxas fixas dos canais de vendas, como a plataforma de e-commerce,
  • contas de água, luz, internet, telefone, entre outros.

Os custos variáveis ​​são relacionados a:

  • investimentos de marketing,
  • comissões de vendas,
  • taxas variáveis das ferramentas de vendas usadas,
  • impostos,
  • custos de frete, entre outros.

Lembre-se de incluir, claro, o custo de matéria-prima, caso você produza o produto que será vendido ou o custo do produto quando você compra do fornecedor. Por exemplo, se o fornecedor vende para você uma bolsa a R$15, esse custo também deve ser contabilizado.

O que muitos empreendedores iniciantes não compreendem é que o custo do produto junto ao fornecedor ou o custo da matéria prima, não é o único que deve ser usado para medir o custo real de um produto.

Como vimos acima, ao aprender como montar o custo de um produto, a lista de custos fixos e variáveis também deve ser considerada.

Mas, atenção, lembre-se de que um produto nem sempre é o único responsável por todas as vendas da empresa. Logo, é interessante que você use o cálculo do valor proporcional dos custos fixos e variáveis para calcular o custo real de um produto.

Por exemplo, se você vende e produz calça jeans, qual é o valor proporcional do salário do profissional que irá produzir uma peça?

Uma das formas de calcular isso é considerar o valor da hora trabalhada e identificar quantas horas são necessárias para fazer a calça. Imagine que a hora de uma costureira custe R$20 para sua empresa e que em uma hora ela finalize duas calças. Acrescente então R$10 ao valor de custo de cada calça, relativo ao tempo de trabalho da profissional envolvida.

Como calcular o preço de venda do produto?

Aprendido como calcular o custo real de um produto, seguimos para a próxima etapa: aprender como calcular o preço de venda do item em questão.

Para calcular o preço de venda do produto:

  • tenha em mãos o custo real de um produto (com custos fixos e variáveis),
  • tenha em mente quanto quer ganhar em cima do que vai vender (margem de lucro),
  • faça o cálculo correto usando o custo real e a margem de lucro desejada,
  • pesquise os preços praticados pela concorrência,
  • encontre um equilíbrio entre o preço praticado pelo mercado (sua concorrência), os custos gerais e a margem de lucro desejada.

Para fazer o cálculo correto da margem de lucro de um produto é preciso aplicar a seguinte fórmula:

Preço do custo do produto / 100% - margem de lucro desejada % = valor final para venda

Vamos a um exemplo: imagine que o produto que você deseja vender custa R$100 e você deseja receber uma margem de lucro de 40%.

O cálculo será:

R$100 / 100% - 40% ou R$100 / 60%

R$ 166,67 = valor final para venda

Observe no vídeo abaixo a explicação do passo a passo para fazer esse cálculo e tenha acesso a mais informações sobre como montar o custo de um produto.

Como dissemos acima, além de fazer esses cálculos é fundamental ter acesso aos preços médios praticados pela concorrência da sua loja. Somente assim será possível finalizar a precificação de produtos de maneira adequada.

É claro que você deve evitar vender produtos abaixo do preço que desejar praticar, entretanto, se estiver com um preço muito acima do praticado por sua concorrência, a chance de insucesso na venda é muito maior.

Esse processo de pesquisa da concorrência deve ser contínuo para garantir a manutenção dos resultados de vendas.

Da mesma forma, buscar a redução de custos pode contribuir para que sua empresa possa reduzir também o valor dos produtos, já que o custo de venda dele sofre uma redução.

Uma das formas de fazer isso é negociar o preço dos produtos com fornecedores, aproveitar promoções de produtos no atacado e mais.

Nesse sentido, talvez sua empresa precise de capital de giro para investir nela mesmo e se tornar mais competitiva e lucrativa. Para isso, você também pode contar com a Gyra+. Nós realizamos financiamento empresarial online para que empreendedores digitais atinjam todo o potencial de seus negócios.

Em três passos simples, você pode ter o capital de giro que precisa para investir mais no seu negócio online:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre ou Mercado Pago, Cielo, PagSeguro, Rede, PayPal, Bling, Skyhub, entre outros
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em 24h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de financiamento para empresas e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Marcadores

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.