O que é capital de giro e para que ele serve em um negócio?

Capital de Giro 20 de Fev de 2019

Capital de giro é o dinheiro que uma empresa tem disponível para manter as operações diárias do negócio. Esse montante pode estar acessível direto no caixa físico, na conta bancária ou em investimentos.

Em linguagem técnica, o capital de giro é o resultado da diferença entre o ativo circulante e o passivo circulante.

O ativo circulante é o que a empresa tem para uso imediato e outros bens que podem ser convertidos rapidamente em dinheiro quando necessário. Já o passivo circulante são as contas a pagar.

Quando se trata da saúde financeira de uma empresa, o capital de giro é um indicador importante.

Isso porque quanto maior a diferença entre o dinheiro que se tem e o que se deve a curto prazo, mais saudável é o negócio.

Agora, se os dividendos são muitos maiores do que a empresa possui, diz-se que a empresa tem capital de giro negativo e o sinal de alerta começa a tocar.

Neste post, vamos explicar tudo sobre capital de giro. Continue lendo e entenda para que ele serve, como calcular e dicas para melhorar o capital de giro.

Boa leitura!

O que é o capital de giro?

O capital de giro é o dinheiro que uma empresa usa para se manter no dia a dia. Como o nome diz, esse montante permite que as operações continuem ativas.

Além de possuir o dinheiro para pagar as contas, um negócio precisa de ativos circulantes que sustentem o funcionamento diário.

Na pandemia, a falta de capital de giro, infelizmente, levou muitas empresas a fecharem as portas.

Então, além de dinheiro no caixa e no banco, o estoque para vendas e as contas a receber são recursos que podem ser convertidos em dinheiro.

Para manter o passivo circulante (as contas a pagar) sob controle, é importante listar tudo que é preciso quitar como empréstimos, aluguel, contas de água, luz, internet, etc.
Confira no vídeo abaixo outros detalhes importantes relacionados a o que é capital de giro:

Qual a diferença entre capital de giro positivo e negativo?

Ter um capital de giro positivo é um bom sinal da saúde financeira de curto prazo para uma empresa.

Isso porque significa que o negócio tem capital suficiente para pagar as contas de curto prazo e para investir no crescimento das operações de venda.

Sem capital de giro disponível, pode ser necessário solicitar um empréstimo online ou recorrer a investidores para levantar mais dinheiro.

Já o capital de giro negativo significa que a empresa não tem dinheiro suficiente para cobrir suas operações.

Dessa forma, a empresa enfrenta desafios para quitar suas contas, pois não existem meios disponíveis que ela possa usar para gerar capital. Esse cenário é chamado de crise de liquidez.

Isso pode levar a mais empréstimos, pagamentos atrasados ​​a credores e fornecedores e, consequentemente, a um avaliação de crédito corporativo mais baixo para a empresa.

Quando o capital de giro negativo pode ser ok?

Existem vários tipos de negócio que mesmo com capital de giro negativo e se saem bem.

O McDonald's é um exemplo de empresa que consegue gerar caixa rapidamente, principalmente, por causa da alta rotatividade de estoque e do recebimento rápido de clientes. Essa dinâmica funciona com pouco capital de giro.

Os produtos comprados de fornecedores também são imediatamente vendidos aos clientes antes que a empresa pague o fornecedor.

Por outro lado, as empresas que fabricam equipamentos e máquinas, geralmente, não conseguem levantar dinheiro rapidamente, pois vendem seus produtos com base em pagamentos de longo prazo.

Como esses produtos não podem ser vendidos rápido o suficiente, o dinheiro não fica disponível imediatamente.

Dessa forma, durante períodos financeiros apertados é importante ter capital de giro suficiente.

Então, a necessidade ou não de capital de giro vai depender da estrutura de cada negócio.

Como calcular o capital de giro?

A fórmula para calcular o capital de giro é:

Capital de giro = Ativo circulante - Passivo circulante

O resultado dessa conta avalia a situação financeira da empresa e mostra se o saldo está negativo ou positivo.

É uma medida da liquidez de curto prazo e é importante para realizar análises financeiras, fazer projeções de investimento e gerenciar o fluxo de caixa.

Exemplo de cálculo do capital de giro

Para vermos essa ação na prática, vamos ver um exemplo abaixo com um balanço fictício de uma empresa para calcular o capital de giro:

Ativos circulantes:


Dinheiro

R$ 25.000

Contas a receber

R$ 17.000

Estoque

R$ 55.000


R$ 97.000

Passivos circulantes:


Contas a pagar

R$ 30.000

Empréstimos a curto prazo

R$ 7.000

Passivos acumulados

R$ 15.000


R$ 52.000

Capital de giro

R$ 45.000

Outras fórmulas para calcular capital de giro

Embora a fórmula acima seja a mais padrão para calcular o capital de giro, existem outras mais específicas.

Alguns exemplos de fórmulas alternativas são:

  • Ativo Circulante - Caixa - Passivo Circulante (exclui caixa);
  • Contas a Receber + Estoque - Contas a Pagar (representa apenas as contas principais que compõem o capital de giro nas operações diárias do negócio).
Fonte: Sebrae.

Para que serve capital de giro?

O capital de giro serve como uma medida de liquidez (que é a velocidade com que um ativo pode ser convertido em dinheiro), eficiência e saúde geral de um negócio.

Por incluir caixa, estoque, contas a receber, contas a pagar, parcela de dívidas e outras contas de curto prazo, o capital de giro reflete os resultados de uma série de atividades, o que inclui:

O capital de giro positivo, geralmente, indica que uma empresa é capaz de saldar suas contas de curto prazo quase imediatamente. O capital de giro negativo, por sua vez, indica o contrário.

É por isso que muitos analistas são cautelosos com a redução no capital de giro. Quando isso acontece pode indicar que:

  • o negócio está com dificuldades para se manter;
  • precisa aumentar as vendas;
  • paga as contas rápido demais;
  • dá uma prazo muito longo para as contas a receber.

Existem várias maneiras de avaliar ainda melhor o capital de giro de uma empresa, incluindo o cálculo da taxa de giro de estoque, a relação de recebíveis e a taxa de juros.

Um dos controles relacionados ao capital de giro é o estoque. Quanto mais tempo os produtos estiverem no depósito, mais tempo o dinheiro fica “amarrado”.

Por isso, é importante que o planejamento de estoque seja bem feito e que exista uma estratégia de marketing consistente para fechar mais vendas.

Outra situação ocorre quando uma empresa usa dinheiro disponível para pagar todas as contas de uma vez. Como existem outras necessidades diárias, é importante parcelar pagamentos e negociar prazos para ter um equilíbrio nas contas.

A escassez de capital de giro faz com que muitas empresas falhem, mesmo que elas possam realmente gerar lucro. Então, é preciso saber investir de forma estratégica para evitar essas situações.

Os analistas geralmente apontam que a flutuação do fluxo de caixa é o que realmente determina se uma empresa é capaz de pagar suas contas.

A fórmula de capital de giro pressupõe que uma empresa realmente tem ativos circulantes para pagar o passivo circulante.

Mas esse cenário nem sempre é real, considerando que é necessário ter dinheiro em caixa para atender às obrigações salariais e manter as outras operações.

Além disso, a fórmula de capital de giro pressupõe que as contas a receber estão prontamente disponíveis para cobrança, o que também não acontece sempre.

É importante entender que o momento das compras de estoque, as políticas de pagamento e cobrança, a probabilidade de que um fornecedor cancele alguns recebíveis vencidos e até mesmo os esforços de captação de recursos podem gerar necessidades diferentes de capital de giro para negócios semelhantes.

Igualmente importante, é entender que as necessidades de capital de giro variam de setor para setor. Afinal, algumas empresas dependem de equipamentos caros, usam métodos de contabilidade de receita específicos, entre outros fatores.

Encontrar maneiras de diluir os pagamentos em dinheiro para manter o capital de giro estável é particularmente difícil para os fabricantes e outras empresas que exigem muitos custos iniciais.

Por essas razões, a comparação do capital de giro é geralmente mais significativa entre as empresas do mesmo setor e a definição de uma relação "alta" ou "baixa" deve ser feita levando em consideração esse contexto.

Como melhorar o capital de giro?

Entendido o que é capital de giro, como calculá-lo e para que serve essa informação, vamos falar de algumas ações que contribuem para melhorar o controle do dinheiro nos negócios. Confira!

1. Faça negociações vantajosas

O pagamento aos fornecedores é essencial para criar uma boa relação e ganhar poder de barganha na hora da compra de estoque.

Então, evite fazer pagamentos grandes à vista e tente negociar com os fornecedores prazos maiores para parcelamentos.

Dessa forma, você consegue diluir a saída de dinheiro, equilibrando o pagamento com outras despesas.

Para que o fornecedor faça isso, é importante ser pontual nos pagamentos para criar uma relação de confiança. Então, faça a proposta e cumpra!

2. Ofereça vantagens para o cliente nos pagamentos rápidos

Outra forma de melhorar o capital de giro é incluído nas ações de marketing vantagens para pagamentos rápidos como:

  • Pix;
  • boleto;
  • transferência bancária;
  • a vista no cartão.

Dessa forma, você consegue reforçar o caixa e aproveitar aqueles clientes que estão com a intenção de comprar e só precisam de um incentivo.

Antes, planeje com atenção os descontos que vai oferecer e o tipo de vantagem para que esse custo valha a pena e não gere prejuízo.

3. Estude sobre antecipação de recebíveis

A antecipação de recebíveis também pode ser usada para melhorar o fluxo de caixa.

Essa estratégia consiste em negociar com as instituições financeiras o adiantamento dos pagamentos parcelados pelos clientes nas compras.

Porém, para adiantar o recebimento, existem taxas de juros e esse gosto precisa compensar. Do contrário, não será vantajoso e você pode acabar perdendo dinheiro.

Entenda melhor sobre essa tática no artigo: Como funciona a antecipação de recebíveis: quando solicitar?

4. Corte gastos desnecessários

Muitas vezes o que drena o capital de giro do seu negócio são pequenos gastos supérfluos no dia a dia que podem ser eliminados.

Por exemplo, ao invés de mandar seu funcionário todos os dias nos Correios despachar pedidos, estabeleça um dia para fazer o envio de todas as remessas da semana.

É válido fazer um pente fino de tempos em tempos e acompanhar o fluxo de caixa para identificar os gastos que podem ser cortados.

5. Use empréstimos estrategicamente

Caso sua empresa precise pagar uma dívida, por exemplo, mas não tem dinheiro em caixa, o empréstimo pode ser uma solução.

Isso porque os juros de um empréstimo podem ser menores do que arcar com os juros do parcelamento da dívida.

Para que isso dê certo, é importante fazer um planejamento para saber se será vantajoso e se você vai conseguir arcar com todas as parcelas.

Leia também: Como fazer empréstimo com CNPJ? Online vale a pena?

Agora que você sabe o que é capital de giro...

… seu departamento financeiro vai ajudá-lo a entender melhor suas necessidades de capital de giro e quais medidas você vai precisar para se melhorar esse indicador do seu negócio.

Embora não seja possível prever tudo, uma visão clara do capital de giro ajuda a operar sem problemas e a construir um caminho de crescimento de longo prazo.

Precisa de capital de giro para expandir seu negócio? A GYRA+ te ajuda a conseguir empréstimo online em até 72 horas. Acesse o site e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, Mercado Pago, SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores.

Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

Marcadores

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.