E-commerce no Brasil: vale a pena? Quais os desafios?

Canal de Vendas Fev 08, 2021

Investir em e-commerce no Brasil vem se mostrando uma das grandes oportunidades para empreendedores. Diante de todos os desafios do comércio físico, as vendas online se mostram como uma luz no fim do túnel. Mas, será mesmo? Vamos entender mais sobre esse mercado!

Crescimento de mercado, vendas, sucesso em negócios, tudo isso deve ser medido e acompanhado por eles: os números!

E se observarmos os números do e-commerce de 2020 um crescimento espantoso se apresenta em frente aos nossos olhos, mais precisamente um crescimento de 47%, a maior alta do mercado online, em 20 anos. o alcance no volume financeiro de vendas foi de R$38,8 bilhões.

É claro que estamos falando de um ano atípico, em que os consumidores tiveram um acesso restrito ao comércio físico, entretanto, também estamos falando de um ano em que 7,3 milhões de brasileiros compraram online pela primeira vez e, segundo especialistas, é provável que parte desse grupo se mantenha ativo como consumidor digital.

E não é como se 2020 tivesse sido o único ano com uma curva de crescimento significativa dentro do mercado online. Em 2019 o e-commerce brasileiro faturou R$61,9 bilhões, atingindo um crescimento de 16,3% comparado a 2018.

Para 2021 as projeções da Ebit|Nielsen são de que o e-commerce brasileiro deve crescer 26% em 2021, alcançando a marca de R$110 bilhões de faturamento.

Diante de todos esses dados podemos chegar a conclusão de que ter um e-commerce no Brasil é sim uma boa estratégia de vendas, seja para quem já tem uma loja física e deseja agregar as vendas online, ou para quem está iniciando um negócio.

Entretanto, para ter sucesso, e aproveitar o crescimento do e-commerce é fundamental fazer boas escolhas e para isso conhecer as tendências e os desafios do mercado de e-commerce no Brasil é indispensável.

E-commerce no Brasil: principais desafios da gestão

Iniciar um processo de vendas no e-commerce no Brasil oferece muitas vantagens, entre elas:

  • a capacidade de fazer vendas para todo o país,
  • aproveitar um canal de vendas em crescimento,
  • necessidade de capital inicial e capital de giro mais baixos,
  • maior facilidade para atrair e se relacionar com clientes e prospects.

Entretanto, como em qualquer negócio, existem desafios a serem enfrentados também e se preparar para eles significa ter mais chances no mercado de ecommerce no Brasil.

A seguir listamos os principais desafios e pontos de atenção que um empreendedor deve ter ao iniciar um investimento em e-commerce no Brasil.

Escolha de uma plataforma intuitiva

Se você não é da área de TI, escolher uma plataforma de e-commerce intuitiva é um ponto importante para dar os primeiros passos no mercado de e-commerce no Brasil.

A plataforma deve possibilitar a criação da loja, cadastro dos produtos, integração com o sistema de pagamento de forma fácil e simples.

Atualmente, existem muitas opções de plataformas no mercado que permitem a criação da loja virtual em poucos passos, cobrando apenas uma mensalidade (e em alguns casos uma porcentagem das vendas) para  operar.

Entre as melhores plataformas de e-commerce estão:

  • NuvemShop
  • Shopify
  • WooCommerce
  • Magento e mais.

Frete e logística

Se você deseja ter sucesso nas vendas do seu e-commerce no Brasil  é necessário se concentrar em ações que reduzam o custo do frete para seu cliente, diminuam o prazo de entrega e garanta a segurança do recebimento.

Uma das apostas de quem está investindo em e-commerce no Brasil é a parceria com transportadoras. Muitas vezes isso garante mais velocidade de menor custo para o cliente.

Lembre-se também de considerar e formular sua política de devoluções e trocas.

Talvez você não saiba, mas o consumidor, ao fazer uma compra online, tem até até 7 dias corridos, a partir da data de recebimento do produto, para desistir de uma compra efetuada à distância.

Tudo isso deve ser considerado por você para garantir segurança para sua loja e para seus clientes.

No vídeo abaixo você vai entender um pouco mais sobre opções além dos Correios e outras dicas. Confira!

Vendas em dispositivos mobile

67% dos consumidores fazem compras pelo smartphone, por isso, ter uma loja que permita um processo de compras tranquilo e fácil neste dispositivo é vital para as vendas do seu e-commerce.

As plataformas que citamos acima, em grande parte, oferecem essa opção de uso mais simples, mas é importante que você garanta que o layout escolhido esteja de acordo com o uso do site no smartphone.

Faça um teste acessando sua loja e peça que outras pessoas também façam.

Ofereça um bom atendimento ao cliente

Não é porque sua loja é virtual e você não está lidando frente a frente com o cliente que não deve se preocupar com o atendimento dentro da gestão do e-commerce.

Ao contrário, uma loja virtual nova precisa passar credibilidade para seus clientes e uma das formas de fazer isso é oferecendo atendimento de qualidade.

Um número de telefone fixo, por exemplo, ajuda a transmitir mais tranquilidade ao cliente. Entretanto, outras opções também são viáveis, como  um chat no site, redes sociais ativas com interação com o público e respostas aos clientes.

Além disso, esteja atento ao que falam da sua marca para agir em resposta a elogios e críticas.

O atendimento no pós-venda, por exemplo, com os e-mails transacionais, que avisam ao cliente como está o andamento da compra também geram um maior sentimento de segurança e contribuem para melhorar a experiência do cliente com a marca.

Múltiplas formas de pagamento

Não se esqueça de oferecer diferentes formas de pagamento aos seus clientes. Fazer isso garante que nenhum consumidor deixará de comprar por falta de opção de realizar o pagamento.

Milhões de brasileiros não possuem cartão de crédito e outros milhares não gostam sentem segurança ao fazer compras virtuais com eles. Para atender esse público, o e-commerce no Brasil tem uma solução: a opção pelo boleto bancário e, mais recentemente, pelo PIX.

No caso de vendas por boleto, lembre-se de criar ações para recuperar boletos não pagos. Muitos clientes esquecem de concluir a compra e cabe a você lembrá-los.

E agora que você já conhece essas informações, qual é a sua opinião? Vale a pena montar um ecommerce no Brasil? Se estiver animado indicamos que acesse nosso artigo exclusivo Dicas para montar um e-commerce de sucesso”.

Agora, se a sua dúvida está relacionada à parte financeira e você está em busca de como conseguir capital de giro para e-commerce, você pode contar com a Gyra+.

Em três passos simples você pode ter acesso ao capital que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte suas contas do Mercado Livre, B2W (via SkyHub), Mercado Pago, PagSeguro, Rede, Getnet, Cielo, Stone, SumUp, Pagar.me, PayPal, Wirecard, Iugu, Bling! e/ou Conta Azul;
  • a análise realizada e, se aprovado, dinheiro em até 24h na sua conta.

Solicite uma proposta sem compromisso de empréstimo de capital de giro e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.