Como vender na Amazon: guia completo para se tornar um vendedor de sucesso

Marketplace 15 de Jan de 2022

Quem busca saber como vender na Amazon deve, em primeiro lugar, conhecer a importância no mercado nacional. Com tanta credibilidade aprender sobre a marca abre um novo canal de venda conceituado para seus produtos.

A Amazon é uma multinacional americana com mais de 20 anos no mercado. Pioneira no conceito de marketplace e em processos de vendas online, ela possibilita anúncios de produtos para variados tipos de compradores.

São diversos modelos de planos que proporcionam aos vendedores escolher qual irá gerar mais lucro, com pagamento de taxa de comissão em cima do valor total da venda ao anunciar seus produtos na plataforma.

Ou seja, são alguns benefícios que atraem pessoas sem experiência em vendas às mais experientes no ramo.

Ficou curioso? Então acompanhe a gente, pois neste guia iremos mostrar como vender pela Amazon, e apresentar seus prós e contras para você avaliar se vale a pena o investimento. Boa leitura!

Como surgiu a Amazon?

Parece que foi ontem, mas o início da Amazon foi nos anos 90, especificamente em 1994, quando o empresário Jeff Bezos teve a ideia de criar um modelo de negócios focado em venda e distribuição online de livros.

Em 2012 chegou ao Brasil com a venda de livros eletrônicos. Dois anos depois, Jeff Bezos implementou a venda de livros físicos, mas somente em 2017 o empresário ampliou seus negócios, comercializando produtos de inúmeras categorias.

Além disso, a gigante oferece serviços, como a Amazon Web Services (serviços de armazenamento em nuvem), Amazon Prime (streaming) e Alexa (assistente virtual).

A companhia prima por conhecer as necessidades dos seus clientes, como a entrega rápida e inovação, como diz em seu site. Não é por acaso que ela está entre as empresas mais valiosas do mundo.

Veja a lista das cinco empresas mais valiosas do mundo e seus valores em 2022:

  • 1.Apple - US$3 trilhões;
  • 2. Alphabet (dona do Google)- US$1,92 trilhões;
  • 3. Amazon - US$1,73 trilhões;
  • 4. Tesla - R$1,2 trilhão;
  • 5. META (dona do Facebook) - 941,7 bilhões

* Dados levantados da Economática

Como vender na Amazon?

Veja quatro dicas que valem ouro para você começar o seu negócio de sucesso:

1. Saiba o que vai vender

O primeiro passo de como vender na Amazon é determinar o que você vai vender no site.

A Amazon disponibiliza 20 categorias de produtos nas quais os vendedores podem se encaixar. Algumas requerem condições específicas para operar, portanto, você deve se certificar que pode cumprir os requisitos para optar por elas.

As categorias são:

  • atividades ao ar livre;
  • beleza (requer aprovação);
  • brinquedos e jogos;
  • calçados, bolsas de mão e óculos;
  • câmeras;
  • casa & cozinha;
  • celulares;
  • computadores;
  • eletrônicos;
  • esportes;
  • ferramentas e materiais de construção;
  • games (requer aprovação); joias (requer aprovação);
  • livros;
  • malas e acessórios de viagem;
  • papelaria e escritório;
  • produtos para bebê (requer aprovação);
  • relógios;
  • roupas e acessórios;
  • saúde e cuidados pessoais (requer aprovação).

Além do requisito de aprovação, cada categoria tem outras condições em relação aos produtos permitidos. Por exemplo: produtos novos e usados, itens colecionáveis, itens reformados, etc.

Fazendo pesquisa de mercado

Para ter um negócio lucrativo, você precisa fazer uma pesquisa de mercado e encontrar produtos modernos, competitivos e relevantes, alinhados à sua paixão e interesses.

Conheça a tendência do produto e estude seu impacto emocional, valor prático, visibilidade e reconhecimento para o público-alvo. É recomendável que você não envolva produtos sazonais e frágeis.

Sendo assim, na hora de montar uma pesquisa de mercado você deve listar perguntas específicas para cada setor da sua empresa, seja em vendas, administração, limpeza, relacionamento com cliente, marketing, e para você mesmo.

Confira as principais perguntas que você deve fazer para si e seu time:

  • 1. Por que os clientes mais assíduos escolhem a sua empresa?;
  • 2. Quem são seus verdadeiros concorrentes?;
  • 3. Quais são os principais desafios dos clientes em potencial?;
  • 4. Quais são as tendências do mercado?;
  • 5. Quão forte você vê a sua marca?;
  • 6. Quais devem ser as melhores ações de marketing?;
  • 7. Como devem ser precificados os seus serviços?;
  • 8. Como seus clientes se sentem em relação a você?

2. Reúna os documentos para se cadastrar

Para vender na Amazon você precisa preencher um perfil de cadastro com alguns dados pessoais e do negócio.

Os documentos e informações que você precisa ter em mãos são:

  • Informações pessoais: nome, endereço completo, e-mail e telefone de contato;
  • Documento oficial: pode ser seu CPF ou o nº de CNPJ da sua empresa, se tiver;
  • Cartão de crédito internacional válido (bandeiras MasterCard, Visa e Diners);
  • Dados bancários de uma conta com o mesmo CPF/CNPJ de cadastrado.

3. Escolha o plano ideal para você

Um passo importante de como vender na Amazon é determinar qual dos planos disponíveis você irá se encaixar. Existem duas opções disponíveis para os vendedores que desejam operar na plataforma. Observe as taxas para vender na Amazon e suas condições especiais:

  • Plano Individual: para vendedores com previsão de menos de 10 itens por mês com taxa de R$ 2 por item + comissão. Não é cobrada taxa mensal;
  • Plano Profissional: para vendedores com previsão de vendas de mais de 10 itens por mês com taxa mensal de R$ 19 + porcentagem de comissão. Um destaque desse plano é a possibilidade de vender nos EUA, Canadá e México.

OBS: A porcentagem de comissão varia de acordo com as categorias de produtos. Confira aqui a tabela de taxas Amazon.

4. Faça o cadastro de produtos

Após completar o cadastro de dados, definir sua categoria de produto, escolher seu plano e ser aprovado, é o momento de cadastrar os itens para venda.

Uma parte bastante importante, pois é por meio dessas informações que seus produtos serão encontrados pelos compradores.

Você vai gerenciar e adicionar produtos, quantidade, cores disponíveis, garantia, valor, frete e outras informações relevantes através do painel do vendedor, chamado de Seller Central.

Depois que cada item é cadastrado, ele fica disponível no site da Amazon. Quando uma compra é efetuada, o vendedor recebe uma notificação e pode começar a preparar o envio para o cliente.

Ao receber o pagamento da compra na conta indicada no cadastro, o vendedor também é notificado pela Amazon. Fique de olho no seu e-mail sempre!

O que acontece se o cliente parcelar a compra? Na Amazon, mesmo que o cliente divida o pagamento do pedido, os vendedores recebem o valor integral no próximo ciclo de pagamento.

Comece com o pé direito e aprenda como melhorar a venda de um produto com as sete estratégias matadoras deste outro conteúdo aqui do blog.

Quem pode vender na Amazon?

Qualquer pessoa física ou empresa pode vender produtos na Amazon. Para isso, o futuro vendedor deve possuir:

  • CPF ou CNPJ válido;
  • Conta de e-mail;
  • Conta bancária;
  • Cartão de crédito (Visa, Mastercard, Diners) ativo. Serve para verificar se a conta é verdadeira com cobrança única de R$1.

Vale ressaltar que os vendedores devem enviar Notas Fiscais Eletrônicas referentes às vendas realizadas.

Isso significa também que MEI(Microempreendedor Individual) também pode vender na Amazon. O ú nico cuidado referente à associação com o marketplace é que deve tomar cuidado com o liite de arrecadação, isto é, de R$81 mil por ano.

Caso passe do limite, o MEI deve dar baixa e abrir outro tipo de empresa, uma ME (Microempresa), por exemplo.

Como cadastrar seus produtos na Amazon?

Depois de saber como vender na Amazon, cadastrar um produto passa por um processo simples.

Após fazer login na Seller Central da Amazon, o lojista deve clicar em “Adicionar um Produto”. Mas fica uma dica: se o produto for produzido por outra pessoa, é importante analisar se o item já existe na base de dados do marketplace da Amazon. Caso sim, selecione-o e faça os ajustes de cadastro.

Se for o contrário, deve-se cadastrar o produto do zero, clicando no botão “Inventário” e “Estou adicionando um produto não vendido na Amazon”.

Para configurar o cadastro, informe os dados como nome, descrição, preço, estoque e ficha técnica do item.

Ao cadastrar um novo produto na Amazon, o vendedor precisará fornecer informações como:

  • ID do produto: código de identificação exclusivo do produto, como UPC, EAN, JAN ou ISBN. Se aplica a produtos registrados;
  • Detalhes da oferta: informações como preço, quantidade e opções de envio, etc;
  • Detalhes do produto: nome do produto (título), marca, categoria, descrição e imagens;
  • Palavras-chave e termos de pesquisa facilitam a procura dos clientes na barra de buscas do marketplace da Amazon.

Se tudo estiver correto, é só colocar as ofertas no ar e começar o trabalho.

Dicas para vender na Amazon com sucesso

1. Tenha bons fornecedores de produtos

Depois de determinar seu nicho, você deve encontrar um fornecedor do produto. Você pode, inclusive, ter mais de um fornecedor para diversificar o contato e não ficar na mão caso algum não consiga te atender

Você também pode pesquisar no Google, fazer contatos com fornecedores em feiras/eventos ou por meio de indicações de colegas. As feiras são uma ótima oportunidade para conhecer fornecedores e seus produtos.

Informe-se sobre produtos de amostra, o preço e a quantidade mínima de pedido, o limite do pedido, a qualidade do produto, os custos de remessa e a capacidade fornecimento, etc.

Outro ponto importante para checar são as opções de pagamento para sua cotação. Vá reduzindo as opções com base em seus requisitos. Lembre-se de pedir amostras para que você possa ver a qualidade do produto. Teste você mesmo ou peça a ajuda de terceiros antes de escolher seu fornecedor.

2. Gerencie seu estoque

Para vender na Amazon e em qualquer marketplace é fundamental fazer um bom controle de estoque.

Os níveis de estoque são extremamente importantes. Por isso, gerenciar e reabastecer seu estoque corretamente é fundamental para garantir que você tenha o suficiente para vender e manter o nível de estoque do seu produto disponível para o seu mercado e vendas.

A quantidade disponível diminui automaticamente na página do produto à medida que os pedidos forem feitos. Para ajudar nessa administração use ferramentas de controle de estoque para acompanhar regularmente a disponibilidade dos produtos.

3. Acompanhe as avaliações dos clientes

As opiniões dos clientes são fundamentais para o seu negócio. É a credibilidade que você constrói entre seu público-alvo e que influencia conseguir novos clientes.

Esses depoimentos são uma prova social para seus negócios e produtos. Como resultado, você precisa acompanhar a experiência de compra do cliente para que eles deixem seus comentários.

Existem várias maneiras de fazer isso. Você pode escrever e-mails para os clientes incentivando os comentários sobre seus produtos e serviços.

Invista na construção de um processo de venda bem estruturado, com foco na satisfação do cliente e tente alcançar feedbacks mais positivos possível para aumentar suas vendas e conversões.

Acompanhe o vídeo e saiba como vender na Amazon pela primeira vez:

Como ter mais investimento para vender na Amazon?

Após entender como vender na Amazon, você pode dar o pé inicial para o seu sucesso, mas é muito comum o lojista não ter um investimento esperado para abrir sue empreendimento.

Pensando nisso, conheça as condições de financiamentos online que a Gyra+ oferece para empreendedores digitais atingirem todo o potencial do seu negócio.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre, Bling ou Skyhub;
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de financiamento para empresas e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Marcadores

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.