Como administrar o fluxo de caixa das empresas com 5 dicas simples

Finanças Mar 14, 2019

Aprender como administrar o fluxo de caixa das empresas envolve um monitoramento rigoroso do dinheiro que entra e do capital que sai de seu negócio.

Ter um fluxo de caixa positivo significa que, durante um determinado período, sua empresa teve mais entradas do que saídas financeiras.

As empresas podem contabilizar o fluxo de caixa diariamente para entender a movimentação do dia e também contabilizar mensalmente, por exemplo, para ter uma visão geral de como foi o mês e qual lucro ele teve.

Um fluxo de caixa positivo, então, significa que o montante de caixa disponível no início de um período (saldo de abertura) é menor que o valor no final desse período (saldo final).

Ou seja, no final de um período, por exemplo, um mês, sua empresa terá ampliado o capital que possui. Em última análise, mais dinheiro entrou do que saiu.

Parece óbvio, mas a premissa principal de como administrar o fluxo de caixa das empresas é que uma organização deve manter um fluxo de caixa positivo.

Como administrar o fluxo de caixa das empresas: 5 dicas práticas

1. Crie uma reserva financeira

Todo negócio passa por altos e baixos, e a fase de vacas magras será menos sofrida se você economizar parte da gordurinha acumulada nos tempos de abundância.

Durante crises financeiras milhares de empresas vão à falência, mas isso não vai acontecer com você se tiver uma reserva de emergência.

É provável que você ainda precise reduzir seus custos fixos e variáveis, mas ainda sobreviverá.

No vídeo abaixo, Gustavo Cerbasi, compartilha insights sobre como criar uma reserva de emergência para a empresa. Confira!

2. Crie um planejamento financeiro

A maneira mais eficaz de administrar o fluxo de caixa das empresas é criar e administrar um orçamento detalhado para todas as despesas, logo no inícios de um período.

É comum que as empresas realmente preocupadas com seu crescimento montem um planejamento financeiro no início do ano, por exemplo. Dessa forma é possível:

  • alinhar os objetivos do negócio;
  • identificar a capacidade financeira;
  • traçar planos;
  • prever a necessidade de empréstimos, com antecedência;
  • cortar custos e mais.

Para definir seu orçamento para sua empresa basta seguir algumas boas práticas como:

  • fazer uma previsão de faturamento;
  • definir as despesas mensais que você já pode prever (como despesas fixas e variáveis);
  • incluir projetos e objetivos que vão demandar investimento.

Isso é o que muita gente chama de projeção de fluxo de caixa.

Ao fazer alguns ajustes nos gastos mensais, você reduzirá as saídas e estará mais perto de fechar o período no azul, tornando o processo de como administrar o fluxo de caixa das empresas mais eficaz e assertivo.

3. Invista constantemente em marketing

Ao aprender como administrar o fluxo de caixa das empresas é preciso se concentrar nas duas pontas da conta: custos e receitas.

Uma das formas de ampliar as receitas é investimento em estratégias de marketing eficientes.

Atualmente, o marketing digital permite que você acompanhe os resultados, em tempo real, de seus investimentos, por meio de métricas de marketing.

Com os resultados em mãos mantenha as campanhas de marketing que mais trazem resultados, elimine táticas com resultado negativo e mantenha-se otimizando essa plano.

4. Crie uma dinâmica eficaz de cobrança de clientes

É muito comum que empresas façam vendas a prazo. Quando essas vendas são em cheque ou boleto, nem sempre é fácil receber dos clientes.

A falta de pagamento de um negócio concluído é muito prejudicial no processo de como administrar o fluxo de caixa das empresas, além de ser prejuízo para o negócio.

É por isso que você vai precisar gerenciar as contas a receber. Aqui estão algumas técnicas para fazer isso:

  • ofereça descontos para incentivar seus clientes a fazerem os pagamentos à vista ou antes do vencimento;
  • solicite um valor de entrada em negócios que envolvem relações de trabalho mais longas;
  • lembre seus clientes da data de vencimento da fatura;
  • faça cobranças gentis após o vencimento do documento, e encaminhe outro boleto em seguida e mais.

Leia também: Como funciona antecipação de recebíveis: quando solicitar?

5. Gerenciando contas a pagar

Como falamos anteriormente, ao aprender como administrar o fluxo de caixa é preciso que você controle os dois lados da planilha, e agora é hora de controlar as contas a pagar. Somente controlando ambos você será capaz de administrar seu capital de giro de maneira saudável.

Ter um capital de giro suficiente para cobrir despesas e compromissos financeiros é o primeiro passo para o sucesso de qualquer empresa.

Nessa fase algumas práticas podem devem ser adotadas, entre elas:

  • examine os custos fixos e variáveis para identificar oportunidades de diminuí-los;
  • arque com os compromissos para evitar multas e juros;
  • negocie com fornecedores melhores prazos de pagamento (preferencialmente alinhado com o prazo que você oferece aos seus clientes).

Quer ampliar as formas de captação de recursos que seu negócio possui? Leia o artigo; “5 maneiras de como captar recursos financeiros para empresas”.

Não basta ganhar dinheiro, você precisa gerenciá-lo

É claro que existem outras dicas de como administrar o fluxo de caixa das empresas, entretanto, acima, elencamos as que todo mundo pode aplicar, sem grandes dificuldades. Acredite, elas têm grande potencial de impacto no seu negócio.

Aprenda como administrar o fluxo de caixa das empresas não apenas para sobreviver a momentos de crise, mas principalmente para as ocasiões de crescimento.

Seja para ampliar a sua empresa, investir em mais estoque, abrir mais um canal de vendas ou investir em marketing. Antes de tomar qualquer decisão, leia o artigo; Quando fazer um empréstimo? 4 situações em que vale a pena”.

Existe uma forma melhor de financiar a sua empresa do que recorrer a instituições financeiras burocráticas e com altas taxas de juros. Tenha acesso a uma linha de capital de giro de maneira fácil, descomplicada e segura.

Conheça o sistema de financiamento online da GYRA+.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre;
  • análise realizada e, se aprovado, dinheiro em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de empréstimo empresarial e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.