Vendas no e-commerce: 5 dicas para aumentar o desempenho

Marketing Abr 19, 2021

Nos últimos anos, as vendas no e-commerce ganharam força. Junto, também cresceu a quantidade de lojas virtuais disputando os clicks dos clientes no mercado digital.

De acordo com o índice MCC-ENET, elaborado pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital em parceria com o Neotrust, o faturamento do e-commerce brasileiro fechou o ano de 2020 com crescimento de 73,88%.

Com esse potencial em vista, os empreendedores online buscam estratégias de como aumentar as vendas pela internet.

E pensando nas vendas no e-commerce e nas maneiras de aumentar o faturamento online, reunimos cinco dicas neste post para o seu negócio decolar.

Continue lendo e confira!

5 dicas para aumentar as vendas no e-commerce

As dicas sobre vendas no e-commerce que separamos aqui, podem ser colocadas em prática sem necessidade de grandes investimentos.

Se a sua infraestrutura de vendas estiver bem estruturada e sua plataforma de e-commerce fornecer dados para monitorar a quantidade de pedidos e o faturamento, as ações abaixo podem ser elaboradas com base nesses dados.

Confira o que fazer para impulsionar as vendas no e-commerce:

1. Melhorar opções de checkout

As vendas no e-commerce devem oferecer comodidade, segurança e rapidez para o usuário. E esses detalhes convergem numa etapa muito importante da compra: o pagamento.

Essa etapa, também chamada de checkout, é quando o cliente precisa preencher dados para entrega e o meio de pagamento.

Especificamente na parte do pagamento, é importante oferecer todas as opções de pagamento como:

  • cartão de crédito e débito (das principais bandeiras do país);
  • boleto bancário;
  • internet banking;
  • intermediadores de pagamento: Paypal, Mercado Pago, PagSeguro, entre outros.

Outra configuração que reforça a segurança, do ponto de vista do usuário, é o checkout transparente.

Com esse recurso, não existe redirecionamento para um site externo, mesmo com a escolha de pagar pelo intermediador, melhorando a experiência de compra e evitando o abandono de carrinho.

Atualize esses detalhes técnicos ou migre para uma plataforma que ofereça esse recurso.

Leia também o post: ‘[GUIA] Pix no e-commerce: como funciona, taxas e benefícios’ e conheça essa novidade para pagamento.

2. Criar ações para carrinhos abandonados

Valor do frete muito alto, redirecionamento de pagamento para outro site, falta de opção de pagamento, prazo de entrega demorado, indecisão de fechar a compra são alguns motivos pelos quais os carrinhos são abandonados em vendas no e-commerce.

Por mais que seja uma atitude indesejada, ela acontece com frequência nos e-commerces. A média global de abandono de carrinho é de 80%.

Para aumentar as vendas pela internet, acompanhe o número de carrinhos abandonados e quem são os usuários para incluí-los em ações personalizadas.

Esse grupo pode receber um e-mail marketing lembrando da compra em andamento com uma vantagem especial para finalizá-la.

Algumas plataformas de e-commerce como o Shopify permitem a configuração de e-mails automáticos, com opção de escolher quantas horas depois do abandono do carrinho eles devem ser enviados.

3. Vender em plataformas responsivas

Um site responsivo é aquele que carrega corretamente em todos os dispositivos — desktop, smartphones e tablets.

Com isso, é essencial escolher uma plataforma que ofereça versão responsiva e/ou aplicativo para impulsionar a vendas no e-commerce.

Com uma interface amigável, o usuário pode pesquisar e checar todos os detalhes importantes sobre o produto sem esforço.

Uma pesquisa do PayPal apontou que 80% dos brasileiros fazem compras pelo smartphone. As redes sociais e os aplicativos exclusivos para vendas de grandes empresas impulsionaram esse movimento.

Hoje, a maioria das plataformas de e-commerce e marketplaces possuem versão responsiva e também aplicativos exclusivos. Então, priorize essas opções!

4. Usar diversas frentes de marketing digital

O marketing digital é essencial para aumentar as vendas no e-commerce. E existem várias frentes que podem ser trabalhadas.

O marketing de buscas, por exemplo, foca na aplicação de técnicas de SEO que se baseiam em palavras-chave para melhorar o posicionamento na página de resultado dos buscadores.

O melhor: é uma otimização que pode ser feita sem nenhum custo. Quer aprender as técnicas? Leia também o post: 6 dicas de SEO no e-commerce: como atrair tráfego e vendas?

Outra opção gratuita é investir nas redes sociais com o marketing de relacionamento. Conhecer as redes onde os usuários que buscam pelo seu produto estão, é o primeiro passo.

Postar, mas principalmente interagir respondendo perguntas, dúvidas e reclamações, é uma maneira de impulsionar as vendas e mostrar a eficiência do seu atendimento.

As redes sociais e outros canais de marketing não funcionam sem o marketing de conteúdo para e-commerce.

Um blog pode ser uma fonte de pesquisa para os usuários e as postagens nas redes sociais podem incluir imagens, vídeos, GIFs e outros formatos atrativos para divulgar as soluções do seu e-commerce.

5. Ativar o Instagram Shopping

O Instagram é uma das redes sociais mais importantes para vendas. Segundo dados da própria empresa, 90% das pessoas na rede social seguem um perfil de empresa.

A atual versão do aplicativo tem uma aba exclusiva para encontrar produtos dos perfis com Instagram Shopping ativado.

Ao habilitar este recurso — seu perfil deve ser uma conta comercial — é possível marcar os produtos nas fotos do perfil, facilitando o redirecionamento dos seguidores para a página específica dos produtos no seu e-commerce ou dentro de um marketplace.  

Alguns exemplos de ações que podem impulsionar as vendas no e-commerce que tem o Instagram Shopping são:

  • anunciar coleções especiais;
  • divulgar edições limitadas das marcas;
  • avisar da reposição de produtos;
  • criar vídeos lo-fi divertidos com os produtos, entre outros.

Curtiu as dicas para aumentar as vendas no e-commerce?

Nem sempre é necessário investir um orçamento gigante em anúncios e links patrocinados para as vendas no e-commerce crescerem.

O principal é incluir essas ações em um planejamento consistente e bem elaborado. Invista na infraestrutura do seu negócio, organize seu estoque e faça uma boa gestão financeira.

A GYRA+ te ajuda a conseguir um empréstimo online em até 72 horas. Acesse o site e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, Mercado Pago, SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores.

Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.