Qual a margem de lucro ideal? Como calcular?

Gestão 15 de Jun de 2020

Qualquer tipo de empresa, seja ela micro, média ou grande, precisa de rendimentos para ter continuidade em seu negócio. Pagar as contas e as despesas do dia a dia são apenas uma questão de sobrevivência da empresa, é o chamado arroz com feijão. E, para que ela cresça de forma saudável, é necessário ter uma margem de lucro razoável. Mas, afinal, como saber qual a margem de lucro ideal para o meu negócio?

Para responder essa pergunta, vamos tentar entender um pouco sobre o conceito de lucro e por que ele é tão crucial para um negócio.

O que é a margem de lucro?

Se o lucro é tudo aquilo que sobra depois do abatimento das despesas que fazem o negócio funcionar, então o que é a margem de lucro? É muito importante entender a diferença entre as duas coisas.

Por exemplo, uma loja de varejo pode ter uma linha de produtos extremamente lucrativa, mas a margem de lucro em cima de cada um ainda pode ser baixa.

Na economia empresarial, a definição de margem de lucro é a porcentagem do resultado da operacionalização de um serviço ou venda de produto. Esse resultado pode ser um lucro ou até um prejuízo, dependendo da situação.

O valor do resultado é inserido nos custos totais de um serviço ou produto. Com isso, se obtém o preço final para comercialização. Quando se obtém esse preço final, retira-se a margem de lucro sobre uma projeção de vendas.

Como calcular a margem de lucro de uma empresa?

Se pareceu difícil de entender, vamos tentar pensar uma situação hipotética para aprender como calcular a margem de lucro em cima disso.

Imagine que você tem uma pequena loja de bolos e doces. O seu pequeno comércio gerou uma receita total de R$ 10 mil no fim do mês.

Depois de realizar o fechamento do caixa e somar todas as despesas da operacionalização, o seu gasto foi de R$ 2 mil. Sendo assim, seu lucro foi de R$ 8 mil.

Tendo esses números em mãos, agora você vai calcular a margem de lucro sobre a venda de seus produtos.

O fórmula para descobrir qual é a margem de lucro ideal da sua empresa é o seguinte: dividir o resultado final (prejuízo ou lucro) pela receita total. Depois disso, multiplique por 100. Vamos ver abaixo:

Receita total: R$ 10 mil

Custos totais: R$ 2 mil

Lucro final: R$ 8 mil

Margem de lucro: (8.000 / 10.000) x 100 = 80%

Sendo assim, a margem de lucro ideal para sua loja de bolos é de 80%. Com este número, você tem uma base real da lucratividade do negócio que vai servir para solicitação de empréstimos e investimentos para crescimento da empresa.

Veja no vídeo abaixo algumas orientações extra na hora de calcular qual a margem de lucro ideal da sua empresa:

Aprenda como calcular a margem de lucro no seu e-commerce.

O que é margem bruta x margem líquida?

No exemplo acima, calculamos o que é a margem bruta de lucro de uma empresa.

Nesse cálculo, os fatores considerados são apenas os custos operacionais para a realização do serviço ou criação de um produto.

Mas existem outros fatores que vão incidir sobre a execução de um serviço como:

  • impostos da nota fiscal de faturamento;
  • tributos e encargos federais do seu setor;
  • aluguel, telefone, água, luz, internet, etc.;
  • despesas com a equipe.

Quando a conta é feita levando em consideração esses custos variáveis conseguimos entender o que é margem líquida de lucro.

Para facilitar a visualização e o impacto no resultado final, vamos calcular a margem líquida de lucro da loja de bolos do exemplo anterior.

Receita total: R$ 10 mil

Custos totais: R$ 2 mil

Impostos: R$ 700

Custos fixos e variáveis: R$ 2.500

Lucro final: R$ 8 mil

Margem líquida de lucro: 10.000 - 2.000 - 700 - 2.500 = R$ 4.800

Margem líquida de lucro: R$ 4.800/10.00 = 0,48 x 100 = 48%.

É possível saber qual a margem de lucro ideal de um negócio?

E depois de descobrir o que é a margem de lucro e como calculá-la, como saber qual a margem de lucro ideal para uma empresa saudável?

Essa resposta não é tão simples de responder, já que não existe um conceito geral sobre ela.

Isso porque para saber qual a margem de lucro ideal de uma empresa, também vai depender muito em qual categoria o negócio em questão se encaixa, da situação do mercado, demanda do público pelo produto e também a concorrência em volta.

Por exemplo, se sua empresa está dentro da categoria de indústria, a sua margem é diferente de quem vende produtos ou comercializa serviços.

Existem algumas margens já estabelecidas para cada tipo de setor ou mercado, que também são chamadas de lucro presumido.

O lucro presumido é o que vai influenciar muito na hora de descobrir qual a margem de lucro ideal para a sua empresa, dependendo da atuação dela .

No sistema de tributação, o lucro presumido existe para auxiliar a Receita Federal determinar sua base de cálculo para o IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e também do CSLL (Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido).

Com o lucro presumido, é possível obter estes cálculos sem ter o valor final das despesas da empresa.

Quem se enquadrar e adotar este tipo de regime de tributação vai ter bases de cálculo já pré-determinadas com suas margens de lucro para cada tipo de atuação da empresa.

Veja qual a margem de lucro ideal mais comuns e as porcentagens para cada área de atividade:

  • 8% para comércio e vendas de produtos no geral, atividades imobiliárias, transportes de cargas, serviços hospitalares. E também de industrialização de terceiros, que incluem recebimento de materiais e outras atividades que não são classificadas como prestação de serviços;
  • 32% de margem de lucro para faturamento de empresas que prestam serviços profissionais de áreas específicas, como escritórios de contabilidade e jurídicos. Dentre os serviços prestados estão: consultoria, gestão de bens patrimoniais, locação e venda de bens e serviços de construção civil;
  • 16% para faturamento de serviços de transportes gerais (que não incluam cargas);
  • 1,6% de margem de lucro do faturamento de revendas de combustíveis e gás natural.

Caso o resultado do cálculo de qual a margem de lucro ideal não esteja de acordo com algumas das margens de lucros citadas acima, dependendo da sua área de atuação, é importante revisar a operação da empresa e entender o que pode ser mudado para alcançar essa margem de lucro.

Para que serve saber a margem de lucro?

Quando você começa um novo negócio, seu objetivo é que ele se torne sua principal fonte de renda, certo?

Só que para isso, sua empresa precisar começar a dar lucro para que uma parte dele possa ser redirecionado para o seu salário.

Por isso, ao calcular qual a margem de lucro ideal do seu produto ou serviço, você consegue analisar se as suas operações são sustentáveis.

Então, se o seu produto custa R$ 150 e desse valor que entra no caixa R$ 120 são para cobrir custos, é preciso analisar a saúde financeira da empresa.

Afinal, você não quer se esforçar para sair no zero a zero no fim do mês, certo?

Um dos primeiros passos para melhorar a margem de lucro das suas vendas é aprender a precificar corretamente seus produtos.

Depois, faça uma comparação com o mercado e veja quais diferenciais sua empresa oferece em relação a concorrência.

Compare esses diferenciais com o que os clientes mais valorizam no setor que você vende.

Muitas vezes, o preço final para o cliente é visto como justo se você fornece os diferenciais que ele busca.

Por isso, saber como calcular qual a margem de lucro ideal é importante, pois esse valor desencadeia uma série de análises estratégicas que tornam as vendas mais eficientes.

Dicas para alcançar a margem de lucro ideal

Agora que você já sabe qual a margem de lucro ideal e a sua importância, vamos mostrar alguns exemplos de estratégias para adotar no dia a dia da empresa para alcançá-la.

  • Investir em tecnologia para otimizar processos: a tecnologia está a nossa disposição para nos auxiliar em tarefas mais operacionais. Desta forma, o esforço de um colaborador pode ser poupado e investido em algo que realmente traga retorno para a empresa. Além disso, investir em processos utilizando tecnologia como intermédio garante economia de dinheiro e, principalmente, de tempo.
  • Tente reduzir custos que não são estratégicos: esta dica é um complemento da primeira, já que, ao mesmo tempo que se investe em tecnologia, você avalia todos os custos e operações que são realizados para um negócio funcionar. Também é importante avaliar melhor o controle de estoque de acordo com as demandas do produto. Assim, é possível entender o que é importante e o que é dispensável. Se você possui um marketplace, é possível optar por serviços automatizados. Aqui no blog, já demos alguns exemplos no artigo 7 automações indispensáveis para gestão de marketplaces;
  • Faça um benchmarking com a concorrência: análise de concorrência é importante em qualquer área de atuação. Avaliar o que sua concorrência está fazendo é extremamente importante para comparar as melhores ações e também os métodos que realmente fazem a diferença.
  • Encontre novos fornecedores: a regra fundamental para comprar mercadoria é ter fornecedores confiáveis. Invista em uma pesquisa de tempos em tempos para encontrar novas referências de fornecedores do mercado. Nessa busca você pode encontrar vendedores que estão oferecendo o mesmo produto por um preço mais baixo. Aprenda neste outro post do blog: Como negociar com fornecedores: 7 dicas para seu e-commerce [Guia para vendas online].

Entendeu como saber qual a margem de lucro ideal?

Agora que você entende os critérios para saber qual a margem de lucro ideal da sua empresa, pode colocar a mão na massa!

Se depois de fazer as contas, você entender que precisa investir para conseguir um preço melhor com o fornecedor ou contratar uma consultoria financeira, dê prioridade para empresas de confiança.

A GYRA+ te ajuda a conseguir um empréstimo online em até 72 horas. Acesse o site e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, Mercado Pago, SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores.

Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

Se você gostou deste post, continue acompanhando os conteúdos do blog para saber sobre gestão e finanças para empresas.

Marcadores

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.