Marketplace ou loja virtual? Como funciona e vantagens de cada plataforma

Marketplace Out 02, 2020

Marketplace ou loja virtual? Essa é uma dúvida comum entre os empreendedores que querem começar a vender seus produtos na internet.

As duas opções são plataformas de vendas online, um tipo de vitrine onde além de expor os produtos, o cliente pode comprar, pagar e receber em casa o pedido.

Se você é novo no universo das vendas online, é importante conhecer as opções disponíveis para entender qual se encaixa melhor na realidade do seu negócio.

Quer saber qual opção — marketplace ou loja virtual — é mais vantajosa? Continue lendo e entenda o que é cada plataforma e as respectivas vantagens.

Marketplace ou loja virtual: qual a melhor escolha?

Para te ajudar analisar se marketplace ou loja virtual tem o melhor encaixe para o seu negócio, separamos as duas plataformas em dois tópicos para facilitar a explicação.

Continue lendo e confira!

O que significa marketplace?

Marketplace é uma plataforma de venda online gerenciada por uma empresa grande do mercado que abre sua infraestrutura digital de venda para que outros lojistas possam comercializar através dela.

O maior exemplo de marketplace do Brasil é o Mercado Livre. Além dele, outras empresas se tornaram referência no segmento como:

  • Grupo B2W (gerencia os sites Submarino, Americanas e Shoptime);
  • Amazon;
  • Netshoes;
  • Dafiti;
  • Magazine Luiza, entre outros.

Para vender nesses sites, é importante pesquisar as regras de marketplace que cada empresa estabelece para ter certeza de que seu negócio se enquadra.

Antecipamos que ter uma empresa formalizada com CNPJ e estar habilitado para emitir Nota Fiscal Eletrônica (NFe) são os requisitos básicos para operar em todos os marketplaces.

Vantagens do marketplace

Entre as principais características do marketplace podemos destacar:

- Cadastro gratuito: você não paga nada para se candidatar para ser um vendedor na plataforma da empresa escolhida.

- Plataforma de vendas pronta: a empresa dona do marketplace oferece toda sua estrutura tecnológica de venda: cadastro de produto, meio de pagamento, canais de promoções e, algumas empresas, oferecem até serviços de entrega para os vendedores.

- Começar uma operação de venda em uma plataforma com alto tráfego: uma das vantagens do marketplace é vender em um site no qual os consumidores já pesquisam tradicionalmente. Muitos marketplaces acumulam milhões de visualizações mensais e ter seus produtos lá te colocada no radar de quem está interessado em comprar.

- Poupar na verba de marketing: a divulgação do marketplace e as ações para atrair ainda mais tráfego dos usuários é feita pela empresa dona da plataforma. Os vendedores devem aproveitar essa vantagem para oferecer produtos de qualidade e com preços competitivos.

Mas se um vendedor quiser anunciar para ter mais visibilidade dentro do marketplace, ele pode. O Mercado Livre é uma das plataformas com essa ferramenta. Saiba mais nos post: ‘Conheça quais são os tipos de anúncio do Mercado Livre’.

- Baixo custo no investimento inicial: outra vantagem do marketplace é que uma vez que você não paga nada para usar a infraestrutura do site, o seu investimento inicial para começar a vender é menor. Pode ser necessário reforçar o estoque ou criar um comprando produtos de um fornecedor.

- Visibilidade do negócio: mesmo sendo um ambiente concorrido, o marketplace fornece uma visibilidade maior para seus produtos logo de cara. Com descrições de produtos usando palavras-chave estratégicas, você é encontrado pelas pessoas e isso atrai visitantes para suas páginas.

- Segurança nas vendas: outro fator importante para qualquer pessoas decidir comprar online é a segurança na hora do pagamento. Os marketplaces oferecem todos os protocolos de segurança necessários para que o cliente compre sem medo de ter dados roubados. Além disso, a confiança de que vai receber é maior, pois sabe que pode contar com o SAC da empresa.

As vantagens do marketplace são grandes, mas é importante considerar algumas desvantagens também como:

- dependência das regras do marketplace: é preciso seguir as regras estabelecidas e se atualizar, pois as empresas renovam os requisitos. Estar em conformidade com elas influencia na sua ‘reputação como vendedor’.

- alta concorrência: além do próprio marketplace, a concorrência com outros vendedores do mesmo segmento é alta e exige uma atenção constante ao processos de vendas, preços e qualidade de atendimento.

- pagar uma porcentagem das vendas para o marketplace: não é necessário pagar para fazer o cadastro, em contrapartida, todos os marketplaces cobram uma porcentagem de comissão em cima de cada venda realizada.

Agora que você sabe mais sobre marketplaces e suas possibilidades, vamos falar das lojas virtuais.

O que é loja virtual?

A loja virtual é outra opção de plataforma de venda online na qual você criar seu próprio site para vendas usando uma plataforma de e-commerce ou criando toda a estrutura do zero.

Para começar é preciso se planejar bem e investir um dinheiro inicial para montar a infraestrutura, escolher os meios de pagamentos, definir logística de entrega, comprar estoque, etc.

Vantagens loja virtual

- Liberdade para gerenciar suas vendas: criando uma loja virtual, você faz suas próprias regras. É mais trabalhoso estruturar cada detalhe, mas no final você terá um ambiente de compra online no qual você tem total controle de todas as etapas de venda.

- Custo de manutenção baixo: se você criar sua loja usando alguma plataforma de e-commerce, a mensalidade não será algo que vá onerar sua gestão financeira. Falando exclusivamente da manutenção da loja no ar, você terá a mensalidade e o domínio (seu endereço depois do www) para manter em dia.

- Canal de venda ativo 24h: se você tem loja física, pode continuar suas vendas na internet depois do horário comercial.

- Grande potencial de crescimento da marca: investir na divulgação da sua loja virtual vai atrair e fidelizar clientes, o que ajuda a consolidar o nome da empresa no mercado digital.

Entre as desvantagens estão alguns desafios para consolidar a imagem da sua empresa:

- Investimento contínuo: para que a sua loja cresça e atraia visitantes será necessário investir em anúncios online nos mecanismos de busca e nas redes sociais para atrair tráfego e começar a conquistar clientes;

- Desafios para consolidar tráfego: o maior desafio de uma loja virtual é gerar tráfego qualificado e constantemente para o site. A concorrência por vendas na internet é grande e, dependendo do seu nicho de produto, pode ser ainda maior.

O vídeo abaixo traz informações extras importantes para avaliar o investimento em uma loja virtual:

Onde seu negócio deve estar: marketplace ou loja virtual?

Depois de analisar as vantagens e desvantagens de cada plataforma, você pode decidir com mais segurança entre marketplace ou loja virtual.

O volume e a sua experiência na área de vendas serão cruciais para ter resultados positivos em ambas as plataformas.

Quer começar um braço de vendas online, mas precisa de capital para bancar os primeiros investimentos? A GYRA+ ajuda você a conseguir um empréstimo online em até 24 horas.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, B2W (via SkyHub), Mercado Pago, PagSeguro, Rede, Getnet, Cielo, Stone, SumUp, Pagar.me, PayPal, Wirecard, Iugu, Bling! e/ou Conta Azul, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores. Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

Solicite uma proposta de crédito sem compromisso e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.