Entenda o que é índice de lucratividade e como calcular o do seu negócio

Finanças 17 de Out de 2021

O índice de lucratividade (IL) é um indicador financeiro que mostra o potencial de lucro de uma empresa e é obtido pela divisão do lucro líquido pela receita total.

O cálculo desse indicador é um dos que compõem a rotina dos responsáveis pela gestão financeira empresarial.

Então, se as planilhas e o acompanhamento do dinheiro andam de lado no seu negócio, saiba que você está deixando de fazer uma atividade muito importante.

O estudo ‘Causa Morti das empresas’ feito pelo Sebrae aponta que 71% das empresas têm dificuldades no primeiro ano de operação.

As duas maiores dificuldades são: formar uma carteira de clientes (22%) e falta de capital/lucro (14%).

Outro dado do estudo que vale mencionar é que para 37% dos empreendedores a falta de lucro é o principal motivo para se sentirem infelizes em relação ao próprio negócio.

Mas sem uma gestão financeira eficiente, esses e outros dados não são mensurados e, com isso, fazer qualquer tipo de previsão fica impossível.

Então, o primeiro passo que vamos dar com este post é entender o que é índice de lucratividade e como calculá-lo.

Continue a leitura!

O que é índice de lucratividade?

O índice de lucratividade (IL) é uma métrica financeira que indica a capacidade da empresa de gerar lucro.

Esse cálculo pode ser feito logo no primeiro mês de funcionamento da empresa, pois com o devido acompanhamento, dados como os gastos totais do mês e o total de vendas realizados estarão disponíveis.

Com esse números, é possível calcular o índice de lucratividade e não ficar frustrado com a falta de lucro ao longo dos próximos meses.

A partir desse dado, você pode trabalhar em ações de marketing e vendas para aumentar a receita da empresa e, consequentemente, os lucros.

Como calcular o índice de lucratividade?

O cálculo do índice de lucratividade segue uma fórmula bastante simples:

IL = lucro líquido / investimento

O resultado dessa divisão é multiplicado por 100 para obter o valor em porcentagem e, assim, facilitar a análise.

Vamos a um exemplo prático de como calcular o índice de lucratividade.

Seu e-commerce começou a vender e, no primeiro mês, faturou R$ 3.000 em vendas. Os custos operacionais deste primeiro mês com fornecedor, equipe, marketing, etc. foram de R$ 1.850. O lucro líquido foi então de R$ 1.150.

Aplicando a fórmula do índice de lucratividade temos:

IL = (1.150/3.000) x 100 = 38,33%.

Então, lucro líquido é o dinheiro que “sobra” no caixa depois que a empresa paga todas as despesas operacionais do mês.

Já a receita, é o total que a empresa recebe, sem descontos, de tudo que vende dentro do mesmo mês.

Dessa forma, podemos perceber que o índice de lucratividade pode variar e, ainda, ficar negativo se a receita não se mantiver positiva e as despesas controladas.

Lucratividade vs. Rentabilidade

Quando falamos de lucro e rendimento, apesar de similares, são indicadores financeiros para fazer análises diferentes.

Enquanto o índice de lucratividade mostra o potencial de lucro da empresa mês a mês pela variação do desempenho nas vendas e custos, o índice de rentabilidade serve para analisar o potencial de um investimento.

Suponhamos que você começou suas vendas e quer fazer uma ação para melhorá-las no segundo mês.

Então, você separa R$ 1.000 de orçamento e investe em uma campanha com anúncios patrocinados e bastante conteúdo relevante. O lucro líquido sobe para R$ 1.900.

Então, a conta necessária aqui é a do índice de rentabilidade (IR) que é:

IR =  (lucro líquido / investimento) x 100

Calculando a rentabilidade do nosso exemplo temos:

IR = (1.900/1.000) x 100 =  190%.

Ou seja, a ação planejada resultou em melhorias positivas financeiramente para a empresa, sem elevar os gastos.

Então, pense no índice de lucratividade como uma métrica para monitorar a capacidade de lucro da sua empresa e o índice de rentabilidade para mensurar o impacto de um investimento.

Assim, você consegue diferenciar o que gerou melhorias e o que acabou se tornando um gasto, além de identificar em quais tipos de ações de vendas seu público se converte melhor.

Como interpretar o índice de lucratividade?

Via de regra, o índice de lucratividade precisa ser sempre positivo para afirmar o equilíbrio da empresa.

Quando o índice fecha com um balanço negativo significa que as despesas operacionais estão muito maiores que a receita obtida naquele mês.

Então, isso vai indicar que uma ação precisa ser tomada para que seja possível recuperar o potencial de lucratividade que já foi bom.

Fazendo relatórios financeiros mensais, contornar os obstáculos é perfeitamente possível.

O erro de muitos empreendedores é não planejar a criação de um negócio.

O estudo do Sebrae que mencionamos na abertura do post destaca os principais erros de planejamento dos empreendedores. São eles:

  • 50% não definiram estratégia para evitar desperdícios;
  • 50% não determinaram o valor do lucro pretendido;
  • 42% não calcularam o nível de vendas para cobrir custos e gerar o lucro pretendido.

Qual a importância da taxa de lucratividade nos negócios?

O índice de lucratividade é importante para o desenvolvimento das empresas, pois auxilia em várias ações importantes como:

  • Avaliação geral do negócio: com um IL positivo, o empreendedor consegue saber se as estratégias criadas são eficientes;
  • Tomadas de decisão mais assertivas: tendo o desempenho atual como base, as decisões sobre investimentos e novas rumos podem ser mais seguras;
  • Gestão financeira eficiente: à medida que o índice de lucratividade melhora, a gestão pode ser aperfeiçoada e até ganhar o auxílio de ferramentas financeiras.

Entendeu o que é índice de lucratividade?

Acompanhando a evolução do índice de lucratividade, seu negócio pode aprovar com mais certeza um pedido de empréstimo empresarial online, por exemplo.

Assim, você não corre o risco de não dar conta dos pagamentos e consegue colocar em prática uma ação para seu negócio crescer.

Precisa de ajuda para obter capital de uma fonte segura?

A GYRA+ te ajuda a conseguir um empréstimo online em até 72 horas. Acesse o site e nossa equipe vai trabalhar para aprovar um empréstimo para seu negócio.

Não se esqueça que se você for usuário de plataformas como Mercado Livre, Mercado Pago, SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard, suas chances de conseguir o empréstimo são maiores.

Saiba mais sobre as integrações da GYRA+.

Marcadores

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.