Entenda o que é capital fixo e capital de giro e a principal diferença entre os dois

Capital de Giro 11 de Abr de 2022

Toda empresa, seja pequena, média ou grande, precisa de recursos financeiros para se manter viva. Uma área financeira bem estruturada dentro de uma companhia é essencial para sua saúde e sustentabilidade ao longo de sua existência. E isso envolve muito planejamento estratégico para poder alcançar o orçamento ideal, e assim manter o caixa positivo. Neste contexto, existem dois conceitos de investimento: o capital fixo e capital de giro, que também é conhecido como capital circulante.

Você já sabe o que significa cada um e qual a importância de tê-los em seu negócio? Melhor ainda, você  sabe como identificar qual o melhor tipo de capital para sua empresa e qual o melhor momento de aplicar cada um?

Para responder essas dúvidas, vamos explicar ao longo deste post sobre a definição de capital fixo e capital de giro e te ajudar a saber qual é o mais adequado para sua empresa, dependendo do momento atual dela. Acompanhe até o final e confira também algumas dicas extras de gestão financeira.

Veja também: Qual a importância do capital de giro para as empresas?

O que é capital fixo e capital de giro, afinal?

De forma resumida, o capital fixo são os ativos necessários para abrir sua empresa e o capital de giro, também chamado de capital circulante, é aquele necessário para que sua empresa se mantenha em funcionamento.

Calama, esses conceitos de capital fixo e capital de giro vão ficar bem mais claros, a seguir, vamos detalhar para você o que é capital fixo, o que é capital circulante e como calcular o capital circulante.

Leia também: O papel e a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa

Entendendo a definição do que é capital fixo

O capital fixo de uma empresa baseia-se na composição do ativo fixo (ou imutável). Na prática, o capital fixo é todo investimento utilizado para iniciar o funcionamento de um negócio. Por exemplo, para uma fábrica começar a produzir ela precisa de investimentos em maquinários e peças que produzam o produto final que será comercializado posteriormente.

Ou seja, o capital fixo e ativo fixo são todos os bens adquiridos para montar uma empresa antes de iniciar a operação.

Alguns exemplos de capitais fixos mais comuns são:

  • imóveis;
  • automóveis;
  • máquinas de fábrica;
  • máquinas e utensílios industriais;
  • móveis;
  • computadores;
  • impressoras e demais eletrônicos e outros bens necessários para o funcionamento de uma companhia.

Agora ficou claro para você o que é capital fixo?

Leia também: Investimento em capital de giro: por que fazer?

Então, o que é capital circulante e para que serve?

Chegou a hora de você entender o que é capital circulante!

Já  que capital fixo é baseado em todo ativo fixo necessário para abrir uma empresa, o capital de giro, também conhecido como capital circulante, é todo investimento que serve para manter a empresa em pleno funcionamento, tudo isso em forma de reserva.

O capital de giro ou capital circulante também é uma forma de investimento líquido. Fundos em contas bancárias, ações e títulos investidos, pagamentos a receber são exemplos de ativos circulantes. O capital de giro é essencial para manter a saúde financeira de uma empresa e por isso é importante manter o hábito de investimentos.

Se você acredita que o capital de giro e o planejamento dele são necessários apenas para grandes empresas, pode estar se enganando. Pequenas empresas também precisam de um capital de giro e uma gestão eficiente, até porque isso vai definir o seu crescimento ou não.

Neste ponto, o planejamento e organização financeira são essenciais para determinar o sucesso do seu empreendimento. Já que o capital de giro representa uma reserva de segurança necessária para uma empresa manter-se ativa por um período determinado.

A ideia é manter a empresa em atividade, por isso o nome capital “de giro”. O capital de giro é aquele valor que vai pagar o valor investido no capital fixo, anteriormente.

Neste vídeo do SEBRAE, temos uma boa explicação sobre capital de giro.

Leia mais: Exemplo de capital de giro: aplicações práticas do cálculo

Qual a principal diferença entre capital fixo e capital de giro?

Depois de entender o conceito de capital fixo e capital, podemos destacar qual a principal diferença entre os dois.Depois de entender o conceito de capital fixo e capital, podemos destacar qual a principal diferença entre os dois.

De forma definida e simples, o ponto principal é que um capital fixo (ativo) é utilizado para iniciar sua empresa de atividades, enquanto o recurso de capital de giro circulante (ativo circulante é utilizado na manutenção de um negócio).De forma definida e simples, o ponto principal é que um capital fixo (ativo) é utilizado para iniciar sua empresa de atividades, enquanto o recurso de capital de giro circulante (ativo circulante é utilizado na manutenção de um negócio).

Diferente do capital fixo, o capital de giro pode ser calculado. Aliás, só pode, como precisa ser sempre.Diferente do capital fixo, o capital de giro pode ser calculado. Aliás, só pode, como precisa ser sempre.

Projetos futuros e planejados, além de planejados, seu funcionamento é alcançável um possível e pontos positivos podem ser aprimorados para o cumprimento, com o mês com o funcionamento da otimização dos financeiros.Projetos futuros e planejados, além de planejados, seu funcionamento é alcançável um possível e pontos positivos podem ser aprimorados para o cumprimento, com o mês com o funcionamento da otimização dos financeiros.

Para que você entenda melhor o que é capital fixo, o que é capital circulante e suas principais diferenças, trouxemos este vídeo de Bra Souza:Para que você entenda melhor o que é capital fixo, o que é capital circulante e suas principais diferenças, trouxemos este vídeo de Bra Souza:

Como calcular o capital circulante?Como calcular o capital circulante?

Como dissemos, capital de giro ou capital circulante são dois nomes para o mesmo conceito.Como dissemos, capital de giro ou capital circulante são dois nomes para o mesmo conceito.

Para te ajudar a entender melhor, vamos mostrar como é feito este cálculo. A fórmula básica de cálculo de capital de giro de uma empresa é esta:Para te ajudar a entender melhor, vamos mostrar como é feito este cálculo. A fórmula básica de cálculo de capital de giro de uma empresa é esta:

CGL = AC - PCCGL = AC - PC

  • Onde o CGL é o próprio Capital de Giro Circulante;Onde o CGL é o próprio Capital de Giro Circulante;
  • o AC representante do ativo circulante (investimentos da empresa, vendas e serviços a receber, aplicações diversas, créditos e saldos em contas);o AC representante do ativo circulante (investimentos da empresa, vendas e serviços a receber, aplicações diversas, créditos e saldos em contas);
  • o PC é refere-se ao passivo circulante (despesas da empresa, dívidas, juros, pagamentos pendentes).o PC é refere-se ao passivo circulante (despesas da empresa, dívidas, juros, pagamentos pendentes).

Neste post , explicamos como fazer o cálculo do capital de giro e mostramos como calcular a necessidade do capital circulante.Neste post , explicamos como fazer o cálculo do capital de giro e mostramos como calcular a necessidade do capital circulante.

Confira mais alguns exemplos de como calcular 5 capital circulante:Confira mais alguns exemplos de como calcular 5 capital circulante:

Veja agora como calcular a necessidade de capital de giro de sua empresa

Nenhum tópico anterior mostra como calcular o capital circulante de sua empresa na atual, uma fotografia do que você tem disponível para uso.Nenhum tópico anterior mostra como calcular o capital circulante de sua empresa na atual, uma fotografia do que você tem disponível para uso.

Agora, vamos saber como descobrir o quanto você precisa ter reservado de capital de giro para seu negócio funcionar sem problemas.Agora, vamos saber como descobrir o quanto você precisa ter reservado de capital de giro para seu negócio funcionar sem problemas.

Acompanhe!Acompanhe!

A fórmula usada é esta: NCG = CP - (CR + VE)A fórmula usada é esta: NCG = CP - (CR + VE)

Veja o significado das siglas:Veja o significado das siglas:

  • NCG: necessidade de capital de giroNCG: necessidade de capital de giro
  • CP: contas a pagarCP: contas a pagar
  • CR: contas a receberCR: contas a receber
  • VE: valor em estoqueVE: valor em estoque

Em outras palavras, a necessidade de capital de giro será igual ao resultado das contas a pagar menos ou valor das contas a receber. Lembre-se também, de acrescentar os valores que sua empresa tem em estoque.

Veja estes exemplos:

  • A empresa tem um total de R$ 10.000 em contas a pagar;
  • As contas a receber somam R$ 11.000;
  • Os valores em estoque são de R$ 2.500

Substituindo na fórmula, teremos:

10.000 - (11.000 + 2.500) = - 3.500

O resultado negativo representa um excedente, isto é: esta empresa tem R$ 3.500 sobrando para pagar sua obrigação. Pode ser caso de uma reserva ou investir parte disso em melhorar o negócio.

Quando o resultado da conta é positivo, significa que é preciso mais dinheiro na caixa na empresa para que ele continue operando normalmente.

Veja mais: Tudo sobre financiamento de capital de giro para pequenas empresas

Como manter um bom volume de capital de giro?

A conta do capital de giro é fácil e pode parecer óbvio para um empresário, mas manter o hábito de fazer essa análise, comparando ganhos e despesas é crucial para uma empresa. A lógica é a mesma do planejamento de orçamento pessoal de um indivíduo.

A noção mínima é que todo valor do dinheiro que sai (despesas) precisa ser menor do que se recebe (receita, lucro). Desta forma, temos um saldo positivo e ideal. Esse processo consiste em uma boa gestão do capital de giro de uma empresa.

Lembrando que o que sobra precisa sempre ser aplicado de forma inteligente para o lucro em forma de lucro nos resultados da empresa.

Por exemplo, se o foi positivo em um mês de saldo de bom faturamento dentro de um negócio, este superavit pode ser revertido em forma de investimentos na melhoria de processos, seja com a contratação de novos funcionários, ou na compra de equipamentos melhores, por exemplo. Tais empresas contribuem diretamente para o crescimento .

Vale conferir em nosso blog: Onde conseguir capital de giro: principais erros na hora de negociação

8 dicas práticas para manter um capital de giro saudável

  1. Esteja especificações sem verificar seu fluxo de recebimentos e verificação de seu olho em suas contas a cumprir e cumprir essas tarefas;
  2. Se necessário, entre em contato com os fornecedores e negocie prazos, parcelamentos, juros e outras condições de pagamento;
  3. Controle de seus estoques corretos, evite excesso de mercadorias paradas, ou falta na hora de vender e também facilidades de transporte;
  4. Você pode antecipar recebíveis, como o dinheiro que viria em seus cartões de crédito, por exemplo;
  5. Pense em promoções para gerar caixa;
  6. Não descubra a gestão financeira de sua empresa, fique sempre atenta às suas contas bancárias;
  7. Reduza as despesas, aquelas que não vão conseguir o andamento dos seus negócios;
  8. Faça o controle do fluxo de caixa com total cuidado total.

Quer entender mais sobre como o fluxo de caixa vai te ajudar a controlar o capital circulante? Ent ̃åo, confira este post: Como administrar o fluxo de caixa das empresas com 5 dicas simples

Como conseguir mais capital de giro para o seu negócio?

Quer dicas de como aumentar o capital de giro da sua empresa? Aqui explicamos como fazer isso.

Uma das formas de entrega de capital de giro ou de capital fixo para aquisição na hora de iniciar sua operação é com uma bolsa de valores financeiros. Mas antes avaliar importante e alterar como opções na hora é financeira para sua empresa .

Já sabe capital fixo e capital e importância dos dois investimentos para um negócio, que conteúdo para que mais pessoas possam compartilhar ou que agora é saber?

Para mais conteúdos sobre finanças, investimentos e gestão empresarial, continue acompanhando o blog da Gyra+ e mantenha-se antenado com as melhores informações do mercado.Saiba mais: Como aumentar o capital de giro na empresa? 9 dicas práticas

Marcadores

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.