Como integrar loja virtual com Mercado Livre: Tutorial com 8 passos

Mercado Livre Jul 03, 2020

Se você tem uma loja virtual e está em busca de ações para aumentar suas vendas, uma das opções mais eficazes é integrar sua loja a um marketplace. Entre as principais vantagens dessa estratégia está a possibilidade de aproveitar uma fatia do grande alcance de público, que essas plataformas possuem. E se você está pensando em investir nessa tática, está no lugar certo. Nosso artigo irá ensinar a como integrar loja virtual com Mercado Livre.

Em 2019, apenas no primeiro trimestre, o Mercado Livre já atingiu a marca de 143,9 milhões de transações, o que representa um crescimento de 93,7% em relação ao mesmo período de 2018. Isso quer dizer que mais gente está acessando a plataforma para buscar por produtos e realizar compras. Você pode ficar de fora ou aproveitar parte desse sucesso, aprendendo a como vender mais no Mercado Livre.


Como integrar loja virtual com Mercado Livre [Tutorial]

Supondo que você também queria parte deste sucesso, vamos ensinar como integrar loja virtual com Mercado Livre. Essa integração permite que você:

  • realize um único cadastro de produtos. Ou seja, não será necessário cadastrar os produtos na sua plataforma de vendas e no Mercado Livre, basta realizar o cadastramento na área administrativa do e-commerce e sincronizá-los com sua conta no marketplace;
  • centralize os dados de clientes e vendas em uma única plataforma, tornando mais fácil a gestão desse banco de dados;
  • acesse a plataforma de anúncios do Mercado Livre. Para saber mais sobre esse assunto, indicamos a leitura do artigo;Como funciona a campanha de publicidade do Mercado Livre | Passo a Passo”;
  • utilize o gateway de pagamento do Mercado Pago.

A seguir o passo a passo para integração.

1. Escolha a plataforma que permite integração com Mercado Livre

Atualmente, as principais plataformas de e-commerce possuem integração com o sistema do marketplace, o que facilita o processo de como integrar loja virtual com Mercado Livre.

Caso esse seja o caso da sua loja virtual, você precisa ir até o sistema administrativo da loja, encontrar a opção do Mercado Livre na área de plugins ou integrações. Caso não encontre, entre em contato com a plataforma.

2. Recorra a um hub de integração (alternativa)

Essa etapa é, na verdade, uma alternativa para sistemas que não possuem integrações próprias com o Mercado Livre.

Para integrar Loja Integrada com Mercado Livre, por exemplo, você precisará criar uma conta e escolher um dos planos do hub ANYMARKET, que possibilita a integração da sua loja com marketplaces diversos, entre eles, o Mercado Livre.

3. Crie um cadastro no Mercado Livre

Uma vez que você tenha a garantia que a sua loja virtual pode ser integrada ao Mercado Livre, é hora de criar uma conta no marketplace.

Basta acessar a área de cadastramento do Mercado Livre e criar um perfil gratuitamente

Aliás, esse é um ponto relevante desse guia de como integrar loja virtual com Mercado Livre: o marketplace não cobra nada pelo seu cadastro, é tudo realizado gratuitamente. Você só passa a pagar comissão à plataforma quando começar a realizar transações, ou seja, começar a vender.

Os custos são calculados de acordo com as novas tarifas do Mercado Livre.

4. Habilite a integração entre o e-commerce e o marketplace

Com uma plataforma que permite integração e com uma conta do Mercado Livre ativa, você só precisa acessar a área administrativa da sua loja virtual e habilitar a sincronização dos sistemas.

Não se preocupe, mesmo sincronizadas, as duas plataformas continuarão independentes uma da outra. Você apenas não precisará, por exemplo, cadastrar o mesmo produto duas vezes.

5. Selecione os produtos que também serão vendidos no Mercado Livre

Essa etapa também é uma prova de que, mesmo seguindo os passos de como integrar loja virtual com Mercado Livre, ambas as plataformas permanecem “independentes”.

Você deve selecionar os produtos de sua loja virtual que também serão vendidos no marketplace. Caso haja produtos ou categorias que você queria manter exclusivos do site, não é um problema, basta não selecioná-los para a venda no Mercado Livre.

Em geral, as plataformas são bem explicativas, sobre o que você deve fazer.

6. Defina os preços praticados no Mercado Livre

Além de escolher os produtos que vão para o marketplace, você também deve definir os preços que serão praticados. Eles podem ser os mesmos do site, ou oferecer descontos ou preços mais altos. Tudo isso depende da sua estratégia.,

7. Organize a política de frete

O sistema de logística de frete do Mercado Livre é o Mercado Envios. Por meio desse sistema, o cliente que realiza uma compra pelo Mercado Livre sabe na hora qual o valor do frete que deverá ser pago. Esse custo também já é automaticamente inserido na etapa de pagamento feito por meio do Mercado Pago

Configurar sua política de frete é uma etapa muito importante para qualquer vendedor do marketplace - ou de e-commerces tradicionais - e não pode ser ignorada por você ao aprender como integrar loja virtual com Mercado Livre. Por isso, indicamos a leitura do artigo; Como enviar pelo Mercado Envios + vantagens da entrega 🚚”.

8. Siga as diretrizes da plataforma para integrar o produto

Como dissemos acima, uma das vantagens de aprender como integrar loja virtual com Mercado Livre é que você não precisará mais cadastrar seus produtos duas vezes. Entretanto, é preciso que você siga algumas diretrizes relacionadas ao cadastro de produtos, indicadas pelo marketplace. Entre elas:

  • os títulos dos produtos devem ter no máximo 60 caracteres;
  • os textos que descrevem os produtos devem estar com letras minúsculas;
  • é obrigatória a inserção de informações relacionadas à dimensão e peso, de cada produto;
  • as imagens deve ter, no mínimo, 800 pixels para manter a qualidade mesmo com zoom.

Outras informações que precisam constar em cada produto, dentro da área de especificações técnicas, são:

  • voltagem;
  • material;
  • cor, entre outras.

Seguindo essas instruções de como integrar loja virtual com Mercado Livre você vai começar com o pé direito sua caminhada para ser um vendedor de sucesso no Mercado Livre.

Como você verá, o marketplace tem um grande potencial para alavancar suas vendas e você precisará estar preparado para realizar investimentos, como, por exemplo, a ampliação de seu estoque.Na Gyra+ você consegue capital de giro, de maneira rápida e confiável, para ampliar seu negócio.

Na Gyra+ você consegue capital de giro, de maneira rápida e confiável, para ampliar seu negócio.

Acesse nossa plataforma, conecte suas contas do Mercado Livre, meios de pagamentos e ERPs como SkyHub (B2W), Pagseguro, PayPal, Pagar.me, Conta Azul, Rede, Getnet, Cielo, Stone, Bling! ou Wirecard.

Aguarde a análise de nossa equipe. Caso seu crédito seja aprovado você receberá o dinheiro em até 24 horas em sua conta do banco.

Solicite uma proposta ainda hoje, siga nossas orientações e aproveite o melhor de uma plataforma 100% segura.

Se você tem uma loja virtual e está em busca de ações para aumentar suas vendas, uma das opções mais eficazes é integrar sua loja a um marketplace. Entre as principais vantagens dessa estratégia está a possibilidade de aproveitar uma fatia do grande alcance de público, que essas plataformas possuem. E se você está pensando em investir nessa tática, está no lugar certo. Nosso artigo irá ensinar a como integrar loja virtual com Mercado Livre.

Em 2019, apenas no primeiro trimestre, o Mercado Livre já atingiu a marca de 143,9 milhões de transações, o que representa um crescimento de 93,7% em relação ao mesmo período de 2018. Isso quer dizer que mais gente está acessando a plataforma para buscar por produtos e realizar compras. Você pode ficar de fora ou aproveitar parte desse sucesso, aprendendo a como vender mais no Mercado Livre.

Como integrar loja virtual com Mercado Livre [Tutorial]

Supondo que você também queria parte deste sucesso, vamos ensinar como integrar loja virtual com Mercado Livre. Essa integração permite que você:

  • realize um único cadastro de produtos. Ou seja, não será necessário cadastrar os produtos na sua plataforma de vendas e no Mercado Livre, basta realizar o cadastramento na área administrativa do e-commerce e sincronizá-los com sua conta no marketplace;
  • centralize os dados de clientes e vendas em uma única plataforma, tornando mais fácil a gestão desse banco de dados; 
  • acesse a plataforma de anúncios do Mercado Livre. Para saber mais sobre esse assunto, indicamos a leitura do artigo;Como funciona a campanha de publicidade do Mercado Livre | Passo a Passo”;
  • utilize o gateway de pagamento do Mercado Pago. 

A seguir o passo a passo para integração.

1. Escolha a plataforma que permite integração com Mercado Livre

Atualmente, as principais plataformas de e-commerce possuem integração com o sistema do marketplace, o que facilita o processo de como integrar loja virtual com Mercado Livre. 

Caso esse seja o caso da sua loja virtual, você precisa ir até o sistema administrativo da loja, encontrar a opção do Mercado Livre na área de plugins ou integrações. Caso não encontre, entre em contato com a plataforma. 

como integrar loja virtual com Mercado Livre

2. Recorra a um hub de integração (alternativa)

Essa etapa é, na verdade, uma alternativa para sistemas que não possuem integrações próprias com o Mercado Livre. 

Para integrar Loja Integrada com Mercado Livre, por exemplo, você precisará criar uma conta e escolher um dos planos do hub ANYMARKET, que possibilita a integração da sua loja com marketplaces diversos, entre eles, o Mercado Livre.  

3. Crie um cadastro no Mercado Livre

Uma vez que você tenha a garantia que a sua loja virtual pode ser integrada ao Mercado Livre, é hora de criar uma conta no marketplace. 

Basta acessar a área de cadastramento do Mercado Livre e criar um perfil gratuitamente. 

Aliás, esse é um ponto relevante desse guia de como integrar loja virtual com Mercado Livre: o marketplace não cobra nada pelo seu cadastro, é tudo realizado gratuitamente. Você só passa a pagar comissão à plataforma quando começar a realizar transações, ou seja, começar a vender. 

Os custos são calculados de acordo com as novas tarifas do Mercado Livre

4. Habilite a integração entre o e-commerce e o marketplace

Com uma plataforma que permite integração e com uma conta do Mercado Livre ativa, você só precisa acessar a área administrativa da sua loja virtual e habilitar a sincronização dos sistemas. 

Não se preocupe, mesmo sincronizadas, as duas plataformas continuarão independentes uma da outra. Você apenas não precisará, por exemplo, cadastrar o mesmo produto duas vezes.

5. Selecione os produtos que também serão vendidos no Mercado Livre

Essa etapa também é uma prova de que, mesmo seguindo os passos de como integrar loja virtual com Mercado Livre, ambas as plataformas permanecem “independentes”. 

Você deve selecionar os produtos de sua loja virtual que também serão vendidos no marketplace. Caso haja produtos ou categorias que você queria manter exclusivos do site, não é um problema, basta não selecioná-los para a venda no Mercado Livre. 

Em geral, as plataformas são bem explicativas, sobre o que você deve fazer. 

6. Defina os preços praticados no Mercado Livre

Além de escolher os produtos que vão para o marketplace, você também deve definir os preços que serão praticados. Eles podem ser os mesmos do site, ou oferecer descontos ou preços mais altos. Tudo isso depende da sua estratégia. 

7. Organize a política de frete 

O sistema de logística de frete do Mercado Livre é o Mercado Envios. Por meio desse sistema, o cliente que realiza uma compra pelo Mercado Livre sabe na hora qual o valor do frete que deverá ser pago. Esse custo também já é automaticamente inserido na etapa de pagamento feito por meio do Mercado Pago 

Configurar sua política de frete é uma etapa muito importante para qualquer vendedor do marketplace – ou de e-commerces tradicionais – e não pode ser ignorada por você ao aprender como integrar loja virtual com Mercado Livre. Por isso, indicamos a leitura do artigo; Como enviar pelo Mercado Envios + vantagens da entrega 🚚”.  

8. Siga as diretrizes da plataforma para integrar o produto 

Como dissemos acima, uma das vantagens de aprender como integrar loja virtual com Mercado Livre é que você não precisará mais cadastrar seus produtos duas vezes. Entretanto, é preciso que você siga algumas diretrizes relacionadas ao cadastro de produtos, indicadas pelo marketplace. Entre elas:

  • os títulos dos produtos devem ter no máximo 60 caracteres;
  • os textos que descrevem os produtos devem estar com letras minúsculas;
  • é obrigatória a inserção de informações relacionadas à dimensão e peso, de cada produto;
  • as imagens deve ter, no mínimo, 800 pixels para manter a qualidade mesmo com zoom.

Outras informações que precisam constar em cada produto, dentro da área de especificações técnicas, são: 

  • voltagem;
  • material;
  • cor, entre outras.

Seguindo essas instruções de como integrar loja virtual com Mercado Livre você vai começar com o pé direito sua caminhada para ser um vendedor de sucesso no Mercado Livre

Como você verá, o marketplace tem um grande potencial para alavancar suas vendas e você precisará estar preparado para realizar investimentos, como, por exemplo, a ampliação de seu estoque. 

Na Gyra+ você consegue capital de giro, de maneira rápida e confiável, para ampliar seu negócio.

Acesse nossa plataforma, conecte sua conta do Mercado Livre e aguarde a análise de nossa equipe. Caso seu crédito seja aprovado você receberá o dinheiro em até 72 horas em sua conta do banco.

Acesse nosso site, siga nossas orientações e aproveite o melhor de uma plataforma 100% segura.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.