Como gerenciar um e-commerce: 5 pontos estratégicos do setor

E-commerce Set 08, 2018

Ao considerar aprender como gerenciar um e-commerce é fundamental se concentrar em cinco aspectos principais. São eles:

  • Escolha seus fornecedores com atenção
  • Crie uma estratégia de marketing
  • Opte por uma plataforma de vendas atual e segura
  • Atenção à logística
  • Gerencie a área financeira

O comércio eletrônico possui uma ampla variedade de modelos de negócio.

De um lado, lojas virtuais gerenciados por apenas uma pessoa (o empreendedor, dono do negócio) até negócios milionários com setores, departamentos e dezenas de profissionais atuando.

Por isso, encontrar uma resposta para como gerenciar um e-commerce pode ser desafiadora. Mas, nós vamos tentar respondê-la!

Como gerenciar um e-commerce: 5 etapas desse processo

Esteja você começando ou já embalado no crescimento de vendas, você precisa organizar as demandas do negócio, seus objetivos e realizar uma gestão próxima.

Nesse contexto, é importante entender as várias etapas de como gerenciar um e-commerce. Aqui estão as 5 delas, que não podem faltar em seu planejamento de gestão.

1. Escolha seus fornecedores com atenção

Seja fornecedor de matéria-prima para produção ou fornecedor do produto final que será revendido para seu cliente. Você precisa ter atenção ao se envolver com um fornecedor, afinal, sem produto você não vende - e ainda pode deixar um cliente insatisfeito.

Esteja atento a pontos como:

  • qualidade da entrega;
  • cumprimento de acordos;
  • prazo para entrega;
  • variabilidade de portfólio;
  • velocidade para atender seus pedidos;
  • atualização sobre o mercado e mais.

Ter um fornecedor que seja parceiro da sua empresa para atender às necessidades de seus clientes e do mercado, em geral, é fundamental para se adaptar à sazonalidade e as mudanças no comportamento do consumidor.

Em suma, escolha fornecedores capazes de acompanhar as alterações do mercado, seja em relação ao produto ou sua sazonalidade.

Por exemplo, tenha fornecedores que sejam capazes de atender nos dias anteriores ao Natal, quando há um aumento significativo das vendas e os clientes querem o produto até o Natal.

Atender a esse cliente depende do seu planejamento, mas também da capacidade do seu fornecedor atender suas demandas com urgência.

Já que o assunto é a escolha de fornecedores, dê preferência para aqueles que aceitam, devolução ou troca de mercadorias que não foram vendidas. Isso pode ajudar bastante em seu controle de estoque e fluxo de caixa.

2. Crie uma estratégia de marketing

Sem investir em estratégias de marketing para e-commerce será difícil atrair clientes.

Talvez você até saiba disso, mas será que domina quais as principais estratégias desse setor para as vendas online? Podemos citar, rapidamente, algumas, como:

  • anúncios online (também conhecidos como links patrocinados), em plataformas como o Google Adwords , Facebook Ads, Instagram, Youtube Ads e mais;
  • marketing de afiliados;
  • parceria com influenciadores digitais;
  • marketing de conteúdo em redes sociais e blogs, e mais.

Não importa qual seja a sua estratégia, ao aprender como gerenciar um e-commerce é preciso que você invista em marketing digital.

Sem uma divulgação direcionada, com segmentação de público e um planejamento estratégico de marketing digital bem desenvolvido, o sucesso de seu e-commerce ficará comprometido.

No vídeo abaixo, Lucas Lombardi, especialista em marketing para e-commerce fala sobre 6 estratégias que vão ajudar sua loja a alcançar mais clientes.

Se você tem interesse em se aprofundar sobre marketing para e-commerce, sugerimos que leia o artigo, “9 dicas para divulgar um produto na internet” e conheça as principais técnicas para aplicar em seu negócio.

3. Opte por uma plataforma de vendas atual e segura

Uma das etapas mais importantes de como gerenciar um e-commerce é a escolha da plataforma de vendas.

Se você não sabe por onde começar a pesquisar indicamos que leia o artigo; "Top 9 | Melhores plataformas de e-commerce do mercado: prós e contras". Nele apresentamos uma seleção de ferramentas que vão ajudar você na gestão de diferentes áreas do negócios, como:

  • estoque;
  • financeiro;
  • vendas;
  • logística de entrega;
  • cálculo de frete;
  • gerenciamento de ações de marketing;
  • promoções;
  • atualização de produtos;
  • integração com meios de pagamento;
  • integração com marketplaces e mais.

Acredite, a escolha da plataforma certa vai permitir que você realize a administração da loja virtual de maneira mais eficiente e econômica.

4. Atenção à logística

Se sua loja virtual vende produtos você precisa pensar sobre como colocar o produto nas mãos dos clientes. Também é preciso considerar a logística de devolução.

Junto com "como entregar" é preciso medir também "quanto custa para entregar".

Entre as etapas desse processo você deve considerar:

  • fazer um bom controle de estoque;
  • contratar ou fazer parceria com uma transportadora que ofereça bons custos de frete;
  • realizar a entrega;
  • criar uma política de devolução e troca.

5. Gerencie a área financeira

Provavelmente, você iniciou seu negócio online com o objetivo de ganhar dinheiro. Por isso, você que está aprendendo como administrar uma loja virtual, precisa se preocupar com essa etapa da administração.

A verdade é que a área financeira está relacionada a todas as outras.

É ela que controla investimentos, custos, receitas e muito mais.

Leia também: Como organizar financeiramente uma empresa para maximizar a sua lucratividade?

Como em qualquer empresa, possuir uma área financeira forte pode garantir a saúde de seu negócio e ampliar as possibilidades de crescimento.

É claro que existem outros pontos importantes sobre como gerenciar um e-commerce, mas acreditamos que esses 5 pontos sejam os mais relevantes para um negócio que está iniciando.

Apoio para começar e crescer

Como falamos anteriormente, chega um momento em que sua loja virtual precisa de investimento para:

  • continuar crescendo
  • ampliar o estoque
  • aumentar o time de vendas e gestão
  • Expandir seu leque de produtos e muito mais.

Nesses casos, você pode precisar de um aporte financeiro. Entender quando fazer um empréstimo para não perder a oportunidade de crescimento deve fazer parte dos cuidados de gestão de seu e-commerce.

Se, após uma análise cuidadosa este for o seu caso, sugerimos que conheça como funciona o sistema de financiamento online da Gyra+.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre;
  • análise realizada e, se aprovado, dinheiro em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação de empréstimo de capital de giro no simulador e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

GYRA+

Somos uma fintech de crédito que chegou para simplificar a vida do empresário digital. Empréstimo rápido, simples e inteligente.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.