Amazon ou Mercado Livre: qual plataforma é melhor para suas vendas? Analisamos 5 atributos

Marketplace Fev 04, 2020

As vendas online não param de crescer, prova disso é sua ampliação em 23% no primeiro trimestre de 2019. Os marketplaces são grandes responsáveis pelo desenvolvimento do mercado e por isso é comum que empreendedores tenham dúvidas sobre vender na Amazon ou Mercado Livre.

O Mercado Livre é o maior marketplace do Brasil tendo atingido a marca de US$ 3,1 bilhões em vendas em 2019.  

Já a Amazon é uma gigante do varejo mundial e com apenas 2 anos de atuação nacional já está entre os 10 maiores marketplaces do Brasil.

Então qual plataforma, Amazon ou Mercado Livre, vale mais apena para seu negócio? 

A seguir listamos alguns aspectos que devem ser analisados antes de fazer essa escolha. 

Amazon ou Mercado Livre

Entre os requisitos que você deve analisar ao escolher Amazon ou Mercado Livre estão as políticas internas de cada plataforma. Afinal, são essas políticas que vão facilitar (ou não) suas vendas. 

#1 Taxa de Serviço

Tanto a Amazon como o Mercado Livre cobram taxas pelas operações que ocorrem em suas plataformas. 

Você utiliza a plataforma para hospedar seus produtos, utiliza o serviço de pagamento online e aproveita o resultado das ações de divulgação dessas plataformas, em contrapartida paga uma taxa de comissão a cada venda realizada. 

No Mercado Livre as taxas funcionam da seguinte maneira:

  • conta Clássica: o cliente tem a opção de realizar o parcelamento em 12 vezes, mas paga juros por isso. As taxas são, geralmente, de 11%. A partir de R$ 300 em vendas a taxa é de 9%. A partir de R$ 3.000 em vendas a taxa é de 7%. 
  • conta Premium: seu cliente tem a opção de realizar o parcelamento das compras em até 12 vezes sem juros, entretanto, você como vendedor deve arcar com uma taxa geral de 16%. A partir de R$ 300 em vendas a taxa é de 14%, a partir de R$ 3.000 a taxa é de 12%. 

Já na Amazon o pagamento de taxas funcionam da seguinte forma:

  • pagamento de mensalidade de R$ 19 por mês. No plano profissional, que é o melhor plano, você tem 3 meses gratuito;
  • além da mensalidade também deve realizar o pagamento de uma taxa de 10%;
  • a Amazon decide se é possível realizar o parcelamento sem juros ou não. 

Analisando este aspecto podemos considerar que as taxas cobradas pela Amazon são mais interessantes, entretanto, é preciso analisar outros requisitos para fazer essa análise financeira. 

Como você verá adiante, o frete do Mercado Livre pode ser mais interessante financeiramente. 

#2 Prazo para saque das vendas

Quando você realiza uma venda por meio de marketplace deverá esperar um tempo para realizar o saque do valor da venda

No Mercado Livre, a regra geral é o envio do produto por meio do Mercado Envios (falaremos sobre ele adiante). 

Nesses casos você terá o dinheiro da venda marcado como o status “Em conta”. Quando o produto é entregue esse valor passa para “Disponível” em até dois dias. A partir disso você poderá solicitar a retirada do valor, que demora cerca de 3 dias para cair em sua conta. 

Já na Amazon os saques só podem ser realizados duas vezes por mês, de 14 em 14 dias. 

Por meio do sistema da Amazon demora em torno de 30 dias para conseguir sacar o valor da venda. Esse prazo pode ser maior dependendo de para onde a mercadoria foi enviada. 

Em suma, o prazo para sacar o dinheiro da Amazon exige uma maior previsibilidade do fluxo de caixa e um maior planejamento do capital de giro

#3 Rankeamento de anúncios

Em qual posição na lista de resultados, seu produto estará quando um cliente pesquisar por ele na Amazon ou Mercado Livre? 

Aqui é importante considerar que a forma de apresentação dos produtos é diferente nas duas plataformas. 

Na Amazon o produto aparece apenas uma vez no feed de resultados. Quando você clica nele você tem acesso aos vendedores. 

Na Amazon o recurso da buy box é bastante útil para quem deseja vender mais. Ele também está presente em outros marketplaces como os da B2W.

Na imagem abaixo temos a lista com os resultados da pesquisa. Já na segunda imagem você encontra o produto. Como verá marcação vermelha, existem mais dois vendedores que vendem o produto. 

Amazon ou Mercado Livre
Amazon ou Mercado Livre

No Mercado Livre a página de resultados apresenta os vendedores conforme os critérios de rankeamento da plataforma. 

Amazon ou Mercado Livre

#4 Reputação

A reputação de um vendedor é muito importante dentro de um marketplace. É ela que vai definir posições dentro de listas de resultados de pesquisa, os ocupantes da buy box, bem como atrair clientes para seu anúncio. 

O Mercado Livre possui uma lista de critérios para essa reputação. Em 2019 alguns desses requisitos mudaram e o novo modelo exige:

  • o tempo máximo de 24 horas úteis para envio do produto não deve ser estourado em mais do que 15% das vendas;
  • o fim da consideração das qualificações feitas pelos compradores como critério de cálculo de reputação;
  • você não deve ter mais do que 3% de vendas com reclamações de clientes;
  • deve-se manter máximo de 1% do total de suas vendas em mediação;
  • é necessário realizar o mínimo de 3 vendas nos últimos 90 dias e com o termômetro na cor verde para garantir uma boa reputação.

Leia também: Como funciona nova reputação do Mercado Livre [versão 2019]”. 

A reputação é apresentada ao cliente por meio de um termômetro:

Além disso você também pode se tornar um Mercado Líder. Quer saber como? Acesse o artigo; “4 dicas para iniciantes no Mercado Livre se tornarem Platinum: os primeiros passos”. 

Quão melhor for a sua reputação, melhor rankeado serão seus anúncios, mais tráfego você irá conseguir. Esse é um caminho “simples” para quem deseja aprender como vender mais no Mercado Livre

Assim como o Mercado Livre, a Amazon também tem seus critérios para avaliar a reputação de seu perfil, entre elas:

  • você não pode ter reclamações acima de 1% do total das vendas;
  • menos de 4% dos envios podem ser após o prazo. Entretanto, o prazo é de 48 horas;
  • você deve ter menos de 2,5% de cancelamento de envio antes de enviar;
  • 95% dos códigos de rastreamento devem ser válidos. 

Alguns especialistas acreditam que mesmo com a recente atualização do Mercado Livre, as métricas da Amazon ainda são mais difíceis de serem alcançadas. 

#5 Sistema de Envios

Quando falamos de sistema de envios dentro de uma comparação entre Amazon ou Mercado Livre é importante considerar que na primeira toda a logística de frete e custo ficam por conta da sua empresa. Já no Mercado Livre você conta com o Mercado Envios

O Mercado de Envios é uma parceria entre o marketplace e os Correios que reduz drasticamente o custo do frete, tornando possível, que os vendedores ofereçam frete grátis para o país todo a um custo razoável.

No Mercado Livre você acaba vendendo mais por ter acesso e oferecer um frete mais vantajoso ao cliente. 

Leia também: Como funciona o frete grátis no Mercado Livre: novas regras

Na Amazon o envio é por sua conta e o frete sai mais caro. Para aprender como Como fazer configurar frete na Amazon assista ao víde abaixo:

Capital de giro, estoque, fluxo de caixa e mais vendas poderm exigir maiores investimentos em seu negócio. 

Na Gyra+ você acessa nossa plataforma, conecta sua conta do Mercado Livre e, se nossa equipe aprovar seu empréstimo, o dinheiro estará em sua conta no banco em até 72 horas.

Você só precisa seguir 3 passos simples para ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • Indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail – antes desse passo aprenda como calcular o capital de giro da empresa, será ideal para você.
  • Conecte sua conta do Mercado Livre
  • Análise realizada e, se aprovado, dinheiro em até 72h na sua conta

Acesse nosso site, siga nossas orientações e aproveite o melhor de uma plataforma 100% segura.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.